Armas Nucleares

Armas nucleares são dispositivos cujo efeito destruidor é baseado na fissão ou fusão de átomos.

As armas nucleares possuem enorme concentração de energia em pequenos volumes, energia esta que pode causar grandes danos caso seja liberada (a famosa equação E = m.c² , criada por Einstein - a energia (E) é a massa (m) vezes a velocidade da luz (c) ao quadrado, mostrando que poucas quantidades de massa podem ser convertidas em quantidades gigantescas de energia). Cada arma nuclear tem sua capacidade, que é medida por meio de unidades chamadas “quiloton” e “megaton”.

  • 1 QUILOTON = 1000 toneladas de trinitrotolueno (TNT)
  • 1 MEGATON = 1.000.000 toneladas de trinitrotolueno (TNT)

Existem basicamente dois tipos de armas nucleares, que são:

1. a bomba atômica: baseada na fissão de núcleos atômicos, ou seja, no processo de “quebrar” núcleos de átomos pesados como o urânio-235 ou plutônio, lançando contra eles partículas atômicas (neutrons).

2. a bomba de hidrogênio ou bomba H: fusão de núcleos de átomos leves, como o hidrogênio, que é ocasionada a partir de uma grande quantidade de energia obtida pela explosão "normal" de uma bomba atômica. A bomba de hidrogênio é ainda mais poderosa do que a bomba atômica.

O uso de bombas nucleares em guerras teve início com o lançamento de duas bombas atômicas, realizados pelos EUA no território japonês. A partir de então se deu início a um verdadeiro pesadelo. Logo em seguida os Russos se interessaram em produzir suas bombas, sendo seguidos por outros países como o Reino Unido e a França.

As bombas nucleares são arremessadas do ar por aviões, por mísseis de curto alcance ou mísseis de cruzeiro, ou ainda por terra e por submarinos através de mísseis balísticos.

Em 1970, período da Guerra Fria, foi feito o Tratado de Não-Proliferação de Armas Nucleares, sendo ratificado em 2002. 188 países assinaram o acordo. O órgão responsável pela inspeção é a Agência Internacional de Energia Atômica (AIEA), que deve ter acesso a todas as informações sobre os programas nucleares dos países que assinaram o acordo.

A maior preocupação atual a respeito do assunto gira em torno de quatro países que são detentores de armas nucleares, mas que não aderiram ao acordo. São eles: Índia, Paquistão, Israel e Coreia do Norte.

Fontes:
http://www.icrc.org/por/war-and-law/weapons/nuclear-weapons/overview-nuclear-weapons.htm
http://revistaescola.abril.com.br/geografia/fundamentos/paises-possuem-armas-nucleares-quais-deles-nao-estao-tratado-nao-proliferacao-armas-nucleares-473379.shtml
http://pt.wikipedia.org/wiki/Países_com_armamento_nuclear
http://pt.wikipedia.org/wiki/Arma_nuclear_de_uso_tático