Doenças sexualmente transmissíveis

Curta e Compartilhe!

Por
As doenças sexualmente transmissíveis (DSTs), anteriormente chamadas de doenças venéreas, consistem em doenças infecções transmitidas, especialmente, através de relações sexuais (transmissão horizontal). Outras vias não sexuais incluem: transmissão da mãe para o filho durante o período gestacional ou durante o parto (transmissão vertical); utilização de seringas contaminadas; e ainda durante uma transfusão de sangue, quando este se encontra contaminado.

Nas primeiras civilizações, o culto aos deuses era intenso. Nessas civilizações, a promiscuidade era algo comum, sendo esse, um dos motivos para o surgimento dessas doenças. Desta forma, o termo doenças venéreas tem sua origem na História Antiga, em referência à Vênus, a deusa do amor.

São diversos os agentes etiológicos que levam a uma DST, como bactérias, vírus, fungos, protozoários e parasitas, resultando em distintas manifestações clínicas.

Bactérias

  • Clamídia: DST causada pela bactéria Chlamydia trachomatis, que afeta tanto os homens quanto às mulheres.
  • Gonorreia: também conhecida como blenorragia, trata-se de um DST causada pela bactéria Neisseria gonorrhoeae. Este agente ocasiona inflamação na uretra, próstata e útero.
  • Sífilis: também chamada de cancro duro ou lues, trata-se de uma DST causada pela bactéria Treponema pallidum.
  • Vaginose bacteriana: consiste em uma síndrome clínica causada pelo desequilíbrio da flora vaginal, sendo a principal responsável pelo corrimento vaginal. Não se sabe ao certo ainda a causa, mas é conhecido que há redução da população de lactobacillus e o crescimento exagerado de bactérias anaeróbicas, como a Gardnerella vaginalis e o Mycoplasma hominis.
  • Donovanose: também chamada de granuloma inguinale, consiste em uma DST que tem como agente etiológico a bactéria Klebsiella granulomatis.
  • Cancro mole: também conhecido como úlcera mole venérea ou cancroide, trata-se de uma DST causada pela bactéria Haemophilus ducreyi.

Fungos

  • Candidíase: esta é uma DST causada pelo fungo Candida albicans. Esta bactéria pode atacar qualquer parte da pele humana e, com relação à forma sexual, causa a candidíase vaginal.

Vírus

  • Hepatite.
  • Herpes simples: tem como agente etiológico o herpes simples 1 e 2, que afeta a mucosa da região genital (glande do pênis, vulva ou vagina).
  • HIV: o vírus da imunodeficiência humana pode resultar na Síndrome da Imunodeficiência Adquirida (SIDA, ou, em inglês, AIDS). Esta desordem deteriora, progressivamente, o sistema imune, propiciando o desenvolvimento de infecções oportunista e, até mesmo, neoplasias. Veja também: AIDS em idosos, AIDS na adolescência.
  • HPV: o vírus do papiloma humano infecta os queratinócitos situados na pele ou mucosas e possui mais de 200 variações distintas. A maior parte deles está ligada a lesões benignas; todavia, são encontrados em alguns tipos de neoplasia com certa frequência, como no caso do câncer de colo de útero.
  • Molusco contagioso: esta desordem dermatológica é causada pelo vírus do molusco e caracteriza-se por tumores cutâneos claros. É mais comum em crianças entre 0 a 12 anos de idade, embora possa afetar adultos e, em certos casos, pode ser considerada uma DST.

Parasitas

  • Chato: também chamado de piolho-da-pubis, piolho-caranguejo e piolho ladro, trata-se de um inseto parasita da espécie Phthirus pubis, que infesta os pelos humanos, especialmente a região genital.

Protozoários

  • Tricomoníase: também chamado de tricomoniose ou tricomonose, tem como agente etiológico o protozoário Trichomonas vaginalis. A infecção por este agente é responsável por 10-15% dos corrimentos genitais infecciosos.

A melhor forma de prevenir as DSTs ainda é por meio do uso de preservativo, conhecido popularmente como camisinha. Contudo, muitas religiões não aceitam o uso deste método contraceptivo, o que pode acaba colaborando na disseminação de DSTs. Para algumas DSTs, existe vacina, como para o HPV e para a hepatite A e B. Outro método de prevenção é a abstinência sexual, ou seja, a evitar qualquer tipo de relação sexual.