Clorofila

Por Marina Martinez
O nome "clorofila" foi proposta por Pelletier e Caventou, em 1818, para denominar a substância verde que se podia extrair das folhas com o auxílio do álcool.

O termo Clorofila se refere a um grupo de pigmentos fotossintéticos produzidos nos cloroplastos das folhas e em outros tecidos vegetais. Estes pigmentos, responsáveis pela cor verde das plantas funciona como fotorreceptor da luz visível utilizada no processo da fotossíntese. As diferenças aparentes na cores dos vegetais são devidas à presença de outros pigmentos associados, como os carotenóides, os quais sempre acompanham as clorofilas

A clorofila, que dá a coloração verde da maioria dos vegetais, absorve muito bem a luz das regiões azuis e vermelhas, refletindo a luz verde.

O processo do qual a clorofila absorve a luz do sol e usa desta energia pra sintetizar carboidratos a partir de gás carbônico (CO2) e água, denomina-se fotossíntese.

Em cada molécula de clorofila existe um átomo de magnésio (Mg) que se encontra no centro de uma estrutura em anel (anel porfirínico) que é estimulado pela luz. Há também uma "cauda" na molécula, formada por cadeias hidrofóbicas.

Existem quatro tipos de clorofilas denominadas a, b, c e d. As clorofilas a e b estão presentes em plantas verdes. Nas algas e cianobactérias são encontradas as clorofilas c e d.

Os pigmentos envolvidos no processo de fotossíntese são as clorofilas a e b, os carotenóides e as ficobilinas.

As diferenças entre clorofila a e b são poucas, apenas na composição de uma cadeia lateral, onde na clorofila a é -CH3 e na b é - CHO:

clorofila a b

clorofilas

A diferença encontrada entre as clorofilas a e c, é que a clorofila c (encontrada em diatomáceas, dinoflagelados e algas pardas), não possui o fitol.

Encontrada somente em algas vermelhas, a clorofila d, é semelhante à clorofila a, porém, no anel I da molécula, o grupo (-O-CHO) substitui o grupo (- CH = CH2).

Vale ressaltar que todos os tipos de clorofilas são verdes, mas existem variações em suas estruturas que fazem com que o espectro de absorção seja um pouco diferente se comparadas umas com as outras. Isso permite que as clorofilas se completem para aumentarem o alcance de absorção do espectro de luz visível.

Referências Bibliográficas:
http://pt.wikipedia.org/wiki/Clorofila
http://www.scielo.br/scielo.php?pid=S0103-84782005000300043&script=sci_arttext