Afixos

Por Ana Paula de Araújo
As palavras da língua portuguesa são formadas por pequenas partículas, chamadas de morfemas. Os AFIXOS são morfemas responsáveis por transformar uma palavra primitiva em uma outra, derivada desta.

Ex:
Pedra (palavra primitiva)
-eira (afixo)
pedra + eira = PEDREIRA (palavra derivada de pedra, que tem um significado próprio, diferente de sua palavra de origem)

DEFINIÇÃO: Afixos são morfemas que podem ser ligados ao radical da palavra, formando assim uma nova palavra, chamada no português de palavra DERIVADA.

Dependendo do local onde se encontram, os morfemas podem ser chamados de PREFIXOS, SUFIXOS ou INFIXOS.

PREFIXO: quando o afixo é adicionado no início da palavra. Chamamos este processo de derivação prefixal.

Exemplos:

  • Des confortável
  • Re fazer
  • Des leal
  • I legal

SUFIXO: quando o afixo é adicionado no final da palavra. Este processo, por sua vez, é chamado de derivação sufixal.

Exemplos:

  • Plant ação
  • Folha gem
  • Legal mente
  • Livra ria

INFIXO: quando o afixo é adicionado do meio da palavra, dividindo-a em duas partes. Pode ser uma consoante ou vogal de ligação entre duas raízes ou entre uma raíz e um outro afixo.

Exemplos:

  • Gas ô metro
  • Cafe z al
  • Cafe t eria

OBS: Há ainda palavras que recebem prefixos e sufixos ao mesmo tempo. Este processo de formação de palavras é chamado de derivação parassintética.

Exemplos:

  • a manh ecer
  • a benç oar

Fontes:
http://pt.wikibooks.org/wiki/Portugu%C3%AAs/Estrutura_das_palavras/Afixos
http://pre-vestibular.arteblog.com.br/r1057/GRAMATICA/
http://www.brazilianportugues.com/index.php?idcanal=241