Derivação Parassintética

Mestra em Letras e Linguística (UFG, 2016)
Licenciada em Letras-Português (UFG, 2009)

Publicado em 12/01/2022
Ouça este artigo:

Derivação Parassintética é um processo de formação de palavras em Língua Portuguesa que consiste na união simultânea de um prefixo e um sufixo ao radical de uma palavra primitiva. Este processo ocasiona alterações de sentido e de classe da palavra formada com relação à primitiva.

Para que a parassíntese ocorra, os processos de prefixação e sufixação devem ocorrer ao mesmo tempo. Isto significa que a palavra formada necessita de um prefixo e de um sufixo para formar uma unidade de sentido. Observe os exemplos:

  • abrasileirar
  • enraivecer
  • entediado
  • submarino
  • esquentado
  • apodrecer
  • envergonhado

A partir destes exemplos é possível confirmar que sem a presença do prefixo ou do sufixo as palavras não formam unidade de sentido: abrasileirar (abrasil e brasileirar não formam unidade de sentido), enraivecer (enraiva e raivecer não formam unidade de sentido), entediado (entédio e tediado não formam unidade de sentido).

Diferença entre Derivação Parassintética e Derivação Prefixal e Sufixal

Derivação Prefixal e Derivação Sufixal são processos de formação de palavras em Língua Portuguesa. O primeiro consiste na união de um prefixo ao radical de uma palavra primitiva e o segundo consiste na união de um sufixo ao radical de uma palavra primitiva. Estes processos podem ocorrer separadamente, como em “rever”, “versão”, respectivamente, e também podem ocorrer ao mesmo tempo, ou seja, a palavra é formada por prefixação e sufixação. Veja alguns exemplos:

  • desajeitado
  • insatisfeito
  • infelizmente
  • descasado
  • desalmado
  • desunido
  • infundado
  • incapacidade
  • assincronia
  • desajustado
  • inconscientemente
  • acalmado

A partir destes exemplos é possível verificar que a supressão de quaisquer afixos (prefixo ou sufixo) não afeta a construção sentidos da palavra formada: infelizmente (infeliz, felizmente), descasado (descaso, casado), desunido (desunir, unido). A formação de palavras com unidade de sentido sem a presença de um ou outro afixo é o que diferencia a Derivação Prefixal e Sufixal da Derivação Parassintética, já que no processo de pasassíntese a união simultânea de prefixo e sufixo é indispensável para que a palavra forme unidade de sentido.

Aprenda mais sobre outros processos de formação de palavras por Derivação: Prefixal, Sufixal, Regressiva e Imprópria.

Referência:

ABAURRE, Maria Luiza M. Gramática: texto: análise e construção de sentido. Volume único. 2. ed. São Paulo: Moderna, 2010. p.151.

Exercícios e questões de vestibulares

Questão 01:

A Derivação é um processo de formação de palavras que pode ocorrer de várias maneiras. Leia a seguir a explicação sobre uma dessas maneiras:

Processo de formação por Derivação que consiste na união simultânea de um prefixo e um sufixo ao radical de uma palavra primitiva. A união simultânea é indispensável para que a palavra forme unidade de sentido.

Esta explicação está relacionada ao processo de Derivação:

Veja a resposta desta e mais outras questões!
Exercícios de Derivação Parassintética - Português
Arquivado em: Português