Período Neolítico

Por Tiago Ferreira da Silva
Também conhecido como Nova Idade da Pedra e Idade da Pedra Polida, o Período Neolítico teve início por volta de 8.000 antes de Cristo, após as mudanças climáticas que criaram melhores condições de vida para os homens e animais. Com as geleiras, os portentosos animais foram extintos, dando lugar a uma fauna mais parecida com a que temos hoje, e os rios, desertos e florestas tropicais foram formados, o que possibilitou um contato humano mais intenso com a natureza.

Diferente da Era Paleolítica, o Período Neolítico é considerado um importante avanço social, econômico e político. Nesse período, o homem descobre-se como um ser social que tem muito mais vantagem de agir em grupo do que individualmente. As estruturas sócio-políticas são mais sólidas, ou seja, determinados grupos ocupam certas regiões sob a influência de um líder, geralmente o mais velho, o mais esperto ou o que tivesse mais força física.

Para obter boas condições de vida, o homem neolítico procurava moradia próximo aos rios, na intenção de utilizar a terra fértil para a agricultura - outro importante avanço do período. Se antes o homem paleolítico coletava alimentos praticando o ato da caça e da pesca para sobreviver, o homem neolítico passou a produzir o que comer com mais assiduidade, plantando frutos, legumes e vegetais. Com isso, não havia mais a necessidade de vagarem constantemente à procura de alimentos - criando o fenômeno do sedentarismo, ou seja, a permanência em lugar fixado em detrimento do nomadismo.

São construídas as primeiras moradias, similares a pequenos cubículos feitos de palha e madeira. Geralmente, os neolíticos trabalhavam coletivamente, saindo em numerosos grupos para as poucas atividades de caça e pesca. As mulheres eram responsáveis por garantir o bem-estar das pequenas aldeias, permanecendo com os filhos e cuidando da agricultura. Com mais tempo para interagirem entre si, os neolíticos desenvolveram as primeiras atividades de lazer, descobrindo a arte da cerâmica e a forma de comercializá-la.

Apesar de indícios científicos apontarem para a Era Paleolítica o surgimento do comércio, foi na Era Neolítica que ele teve melhor aplicação. O homem neolítico cria o dinheiro, que era representado inicialmente por sementes de cores diferentes, para facilitar a troca de mercadorias, muitas vezes cerâmica, armamentos com pedras talhadas, objetos de pederneira e minério. Também data da Era Neolítica a criação do primeiro barco.

Outro importante avanço é a domesticação dos animais, o que possibilitou maior proximidade deles com o homem (como acontece com o cão) e trouxe mais variações alimentícias, como a criação de gados, cabras e porcos.

As vestimentas também sofreram alterações do homem paleolítico; devido ao frio intenso da Era Glacial, o homem paleolítico se cobria com pele de animal, enquanto o neolítico passou a fabricar as primeiras roupas com lã, algodão e linho para facilitar na locomoção e trazer mais conforto em relação ao clima mais ameno.

A Era Neolítica é considerada o último período pré-histórico. Antes de seu fim, ocorreu a Idade dos Metais, que consolidou a importância do bronze na fabricação de armamentos manuais.

O surgimento da escrita e a criação do Estado nas primeiras civilizações da Antiguidade marcou o fim da Era Neolítica.

Leia também: