Idade dos Metais

O período neolítico é uma fase da pré-historia conhecida também como “período da pedra polida”, que tem início aproximadamente em 10.000 a .C, quando começamos a perceber a intensificação do processo de sedentarização e o surgimento da agricultura na humanidade. Seu fim se dá por volta de 3.000 a .C, onde tem como sua última fase a “Idade dos Metais”.

A idade dos metais, como o próprio nome diz, é marcado pela dominação dos metais por parte das primeiras sociedades da pré-historia, sendo este fato de fundamental importância para o cultivo agrícola, e também a prática de caças.

O primeiro tipo de metal utilizado foi o cobre.  Logo depois encontramos a utilização do estanho na fabricação de outros tipos de armas e utensílios. E, por volta de 3000 a .C, com a junção desses dois metais (cobre e estanho) tivemos o aparecimento do Bronze. O ferro só apareceria num futuro longínquo, cerca de 1.500 a .C e tal lentidão de propagação se deu pelo fato de sua manipulação ser de difícil aprendizado.

Dessa maneira, o que realmente acontece é que através de técnicas de fundição esses povos pré -históricos vão gradualmente substituindo as ferramentas, que até então eram elaboradas com madeira e pedra, por ferramentas de metal. Isso vai auxiliar e muito o cotidiano desses povos.

Por exemplo, na agricultura, com o uso dessas novas ferramentas, os povos pré-históricos conseguiram aumentar a produção de alimentos, e aumentando a produção consequentemente gerava-se excedentes alimentícios. E foram justamente esses excedentes a causa dos primeiros conflitos entres os homens na história. Pois agora com ferramentas que demonstravam uma maior eficiência na prática agrícola e na criação de animais, seriam grandes aliados também na competição desses povos para ver quem ficaria com as melhores pastagens, terras férteis e os excedentes.

Esses conflitos desencadearam um grande processo de dominação de uma comunidade sobre a outra, dando origem assim o que vamos chamar de propriedade privada, e em consequência a isso a desigualdade social. Assim, surgiu a necessidade de criação de um órgão que supervisionasse essas relações entre os homens e que garantisse a propriedade privada, o Estado.

Assim podemos perceber que o uso dos metais na vida cotidiana desses povos teve grande importância para a consolidação e principalmente na destruição de grandes civilizações na pré-historia e no mundo antigo, sendo de grande utilidade para a subsistência, no caso a agricultura, e também na imposição de poder.

Leia também:

Fontes:
http://www.historiadetudo.com/idade-metais.html
http://pt.wikipedia.org/wiki/Idade_dos_Metais
http://www.historiadomundo.com.br/pre-historia/idade-metais.htm

Arquivado em: Pré-História