Período Paleolítico

Mestre em História Comparada (UFRJ, 2020)
Bacharel em História (UFRJ, 2018)

Publicado em 01/12/2021
Ouça este artigo:

O Paleolítico corresponde ao período da pré-história que se iniciou há 2,5 milhões de anos atrás até 10.000 a.C., sendo a época onde os antepassados do atual homem moderno passaram a produzir objetos de pedra com pontas no seu cotidiano. Popularmente conhecido como Idade da Pedra Lascada, os seres humanos desta época são conhecidos por serem nômades e por ter uma alimentação baseada em animais selvagens e plantas silvestres, caracterizando-os como caçadores-coletores.

Exemplo de pedra lascada ("biface") do Paleolítico utilizada como ferramenta e arma. Encontrada em Cintegabelle, França. Foto: Didier Descouens / Wikimedia Commons / CC-BY-SA 4.0

Fases Paleolíticas

O termo surgiu pela primeira vez com o historiador John Lubbock, que introduziu este e a palavra neolítica pela primeira vez no cenário científico. Esse longo período da pré-história pode ser dividido em três fases onde cada um possui suas características particulares: Inferior, Médio e Superior.

O Paleolítico Inferior se inicia no momento em que ocorre o desenvolvimento nos hominídeos conhecidos como homo Habilis e homo Erectus, ancestrais do homo Sapiens, sobre a capacidade de fabricarem utensílios e ferramentas para usarem em seu dia a dia. Teve duração entre 3 milhões a 250 mil anos passados.

O Paleolítico Médio começa logo após, se estendendo de 250 mil anos passados até 40 mil anos passados. A principal marca desse período é o surgimento do homo Neanderthalensis, o homem de neandertal, que habitou a Eurásia no Paleolítico Inferior. Este espécime, que viveu na mesma época que o homo Sapiens, ficou conhecido por sua estrutura corporal com 1,70 m de altura, conseguindo reter maior quantidade de calor, o que possibilitou maior resistência a baixas temperaturas. Nesse período, pesquisas arqueológicas indicaram que o modo de vida dos antepassados do homem já estava mais aprimorado, com novos tipos de utensílios e com a descoberta e uso do fogo, sendo este último com início datado entre 100 mil e 50 mil anos atrás.

O Paleolítico Superior é classificado como a última das três fases do período Paleolítico, durando entre 50.000 a.C. até 10.000 a.C. Por representar uma fase onde já existiam maiores achados arqueológicos de ferramentas, machados, anzóis, dardos, entre outros, os grupos humanos foram considerados cada vez mais complexos.

Ilustração: Esteban De Armas / Shutterstock.com

Os grupos populacionais tinham o costume de se deslocarem para encontrar alimentos, tornando-os assim nômades e sem moradia fixa. Procuravam se abrigar em cavernas que serviam de habitações por conta das temperaturas baixas do período. Nessa época também foram descobertas as primeiras formas de arte, com pinturas rupestres nas paredes de cavernas.

De uma maneira geral, pode-se considerar o Paleolítico como uma época onde os seres humanos sobreviviam de caça e coleta para garantir sua alimentação, tendo por isso desenvolvido ferramentas capazes de capturar e cortar animais, quebrar frutas com casca dura, entre outros.

Pintura rupestre presente em caverna de Altamira, Espanha. Foto: Museo de Altamira y D. Rodríguez / Wikimedia Commons / CC-BY-SA 3.0

Religião

Nos anos finais desse longo período, pesquisadores apontam o surgimento das primeiras experiências religiosas, sendo assim uma crença primitiva. Com base principal no culto à figura feminina e ao poder de gerar vida, foram encontradas esculturas de mulheres com idade estimada entre 28.000 e 25.000 anos em escavações na região de Willendorf, na Áustria. Esculpidas em calcário oolítico, eram cobertas de pigmento vermelho simbolizando sangue, evidenciando a capacidade de gerar filhos, e com seios fartos, em referência à amamentação.

Leia também:

Referências:

BAPTISTA, António Martinho; REIS, Mário. Prospecção da Arte Rupestre na Foz do Côa. Da iconografia do Paleolítico superior à do nosso tempo, com passagem pela IIª Idade do Ferro. 2008.

IMBROISI, Margaret; MARTINS, Simone. Arte Rupestre em Altamira, Espanha. História das Artes, 2021. Disponível em: historiadasartes.com/sala-dos-professores/arte-rupestre-em-altamira-espanha/. Acesso em 03/11/2021.

Arquivado em: Pré-História