Teoria das cores

Graduada em Artes-Dança (Unicamp, 2018)

Publicado em 13/05/2022
Ouça este artigo:

A Teoria das Cores é um conjunto de estudos que discorre acerca da relação entre a luz e as cores propriamente ditas. Todavia, ela não está restrita apenas ao campo científico. Entender como as cores existem, suas propriedades e relações também influenciam diretamente o campo artístico, seja ele para a comunicação, publicidade e propaganda ou para processos de criação de obras de arte.

A compreensão das cores não é uma preocupação recente. Muitos foram os estudiosos que pesquisaram sobre esse fenômeno, tal como Leonardo Da Vinci, Isaac Newton e Goethe. Para Da Vinci, a cor era uma propriedade da luz e não dos objetos. Assim, a partir dessa afirmação, Newton aprofunda os estudos sobre a influência da luz do sol na formação das cores através de experimentos. Goethe, por sua vez, adentra seus estudos focando no campo simbólico das cores.

O Experimento de Newton

Para concluir que a luz do sol possui influência na formação das cores, Newton utilizou alguns prismas um e feixe de luz solar.

Ele descobriu que quando a luz solar incidia sobre o prisma, o mesmo projetava, sobre a parede oposta, uma mancha de sete cores: vermelho, laranja, amarelo, verde, azul, anil e violeta.

A conclusão imediata do cientista foi que a luz solar branca é resultado da união de todas as cores visíveis e a função do prisma é separá-las através de um desvio diferente. Para confirmar sua hipótese, Newton adiciona mais um prisma no experimento. Dessa vez o que chega no novo elemento é a mancha de luz colorida que, ao passar pelo novo prisma, o mesmo projeta novamente um feixe de luz branca.

Mais para frente, esse experimento muito teve relação com o estudo da formação do arco-íris, uma vez que as gotículas de água das nuvens fazem o papel do prisma, formando assim o arco de sete cores no céu.

A dispersão das cores após o raio de luz atravessar um prisma. Foto: Kelvinsong / Wikimedia Commons

A Teoria das Cores de Goethe

Johann Wolfgang von Goethe surge com a sua teoria das cores como uma forma de contestar a explicação puramente científica que Newton traz para o processo de formação das cores. Para Goethe, existe um caráter subjetivo, relativo às emoções de quem vê, que influenciam na percepção da cor.

Sua teoria está fundamentada essencialmente na afirmação de que a luz está intimamente relacionada à visão. Dessa forma, as sensações que as cores suscitam nos olhos humanos surgem na primeiramente na mente humana e são lapidadas, posteriormente, pela percepção.

A Teoria das Cores de Goethe foi fundamental para, tempos depois, o surgimento da Psicologia das Cores, ou seja, um estudo sobre quais as sensações e emoções que cada cor desperta no ser humano.

As Propriedades da Cor

Quando se fala sobre propriedade das cores, três são os elementos: matiz, saturação e brilho.

Matiz é a cor propriamente dita, isto é, o nome que é dado a ela. Dessa forma, as diferentes percepções da luz refletida geram diferentes matizes como vermelho, amarelo, azul, entre outras.

Saturação, também chamada de croma, é o grau de pureza da cor. O que torna uma cor mais ou menos pura é a quantidade de cinza que está adicionado a ela. Quanto mais cinza, mais opaca é a cor e menor é o grau de saturação. Em contrapartida, quanto menos cinza, mais vibrante e vívida é a cor e sua saturação acaba sendo maior.

 

Brilho, também chamado de valor ou luminosidade, refere-se à claridade da cor, ou a falta dela. Ser uma cor clara ou escura é resultado da mistura da mesma com o branco ou o preto. Para obter cores mais claras, a mistura deve ser feita com o branco. Ademais, para cores mais escuras, o preto é o elemento da mistura. Uma cor pode ter variação na luminosidade quando comparada com outra cor diferente ou com diferentes cores do mesmo espectro.

Leia também:

Referência Bibliográfica:

CHIEF OF DESING. Teoria das Cores. Disponível em: <https://www.chiefofdesign.com.br/teoria-das-cores/?utm_source=rss&utm_medium=rss&utm_campaign=teoria-das-cores> Acesso em: 06 fev. 2022

LAIFI. Matriz, Saturação e Brilho. Disponível em: <http://www.laifi.com/laifi.php?id_laifi=656&idC=7458#> Acesso em: 06 fev. 2022

PUC SP. Experiências sobre Luz e Cores. Disponível em: <https://www.pucsp.br/pos/cesima/schenberg/alunos/wagnerldjr/newton/experiencias.htm > Acesso em: 06 fev. 2022

Arquivado em: Artes