Guy Fawkes

Nos grandes protestos realizados em diversos Estados do Brasil em 2013, um ícone utilizado por grande parte dos manifestantes foi uma máscara que forma um rosto branco com bigode, cavanhaque reto e um largo sorriso zombeteiro.

guy fawkesEsta máscara, na verdade, apareceu pela primeira vez na série de quadrinhos V de Vingança, criada pelo autor britânico Alan Moore e ilustrada, em sua maior parte, pelo desenhista David Lloyd. Mas quem é a figura representada na máscara?

A resposta é Guy Fawkes, um conspirador e especialista em explosivos que participou da Revolução da Pólvora (1600), que tinha como finalidade assassinar o rei Jaime I de Inglaterra, seus familiares e os aristocratas protestantes com a colocação de barris de pólvora sob o prédio onde ficava o Parlamento.

A conspiração era motivada pela ira que Jaime I provocou nos católicos ingleses daquela época. Sucessor de Elizabete I, que morreu sem deixar herdeiros para o trono inglês, findando a dinastia Tudor, o rei manteve a perseguição aos católicos de seus antecessores. Assim como seu pai, Henrique VIII, a rainha foi uma notória perseguidora do catolicismo.

Com a sucessão do reinado para Jaime I, que tinha origem escocesa e havia chegado ao trono através de ligações com os Tudor, esperava-se que a vida dos católicos na Inglaterra fosse facilitada. No entanto, esta promessa não se cumpriu. Além disso, por ser escocês, o rei foi duas vezes mais odiado que Elizabete I.

guy fawkes2Desta forma, começaram a ser elaborados diversos planos para assassinar o rei e todo o Parlamento inglês. Após adquirir uma casa vizinha ao Parlamento, localizado em Westminster, um grupo de conspiradores se utilizou da proximidade para estocar pólvora no subsolo da sede do poder britânico.

Neste contexto se destacava o soldado católico Guy Fawkes, responsável pela casa. À época, dizia-se que Fawkes estaria disposto a explodir a casa e a si mesmo antes de ser pego, caso Jaime I descobrisse a trama.

Porém, uma falha de um dos membros do grupo acabou entregando o plano. No intuito de salvar um amigo, um dos conspiradores mandou uma mensagem anônima e codificada para um de seus conhecidos, alertando para que ficasse longe do Parlamento no dia planejado para o atentado, cinco de novembro.

O destinatário do bilhete estranhou o aviso e a informação chegou até Jaime I, que descobriu a conspiração. Em uma ação secreta das força policial inglesa, Fawkes e os outros membros do grupo foram presos e executados. Levado até Jaime I, que lhe perguntou o porquê da realização de um atentado que mataria tantas pessoas, ele respondeu: “Tempos desesperadores exigem medidas desesperadas”. Foi enforcado e esquartejado. Porém, mesmo sob tortura, não revelou mais informações sobre o plano, nem entregou seus colegas.

Fontes:
MOORE, Alan. V de Vingança. Edição Especial. Barueri: Panini Comics, 2006.
http://www.diariodocentrodomundo.com.br/como-guy-fawkes-se-transformou-de-vilao-em-simbolo-da-liberdade-e-da-justica/
http://www1.folha.uol.com.br/saopaulo/2013/06/1299052-v-de-vinganca-mascara-usada-em-protestos-foi-criada-em-quadrinhos-dos-anos-1980.shtml
http://pt.wikipedia.org/wiki/Conspira%C3%A7%C3%A3o_da_p%C3%B3lvora

Arquivado em: Biografias