Jimmy Carter

Ensino Superior em Comunicação (Universidade Metodista de São Paulo, 2010)

Jimmy Carter é um político norte-americano e foi presidente dos Estados Unidos de 1977 a 1981. Também atuou como senador e governador do estado da Geórgia.

Jimmy Carter em 1977.

James Earl Carter Jr. nasceu dia 1 de outubro de 1924 em Plains na Geórgia, Estados Unidos. Filho do agricultor e lojista James Sr. e de Bessie Lilian Gordy, enfermeira. A família era tradicional no setor agrícola cultivando amendoins.

Aos dez anos Carter começou a trabalhar com seu pai na loja, era um garoto muito estudioso e gostava de ouvir os jogos de baseball e transmissões políticas pelo rádio. Concluiu o ensino médio na Plains High School em 1941, estudou engenharia na Faculdade do Sudoeste da Geórgia e ingressou no programa naval do Instituto de Tecnologia da Geórgia. Em 1943 foi aceito para estudar na Academia Naval de Annapolis, capital de Maryland, formando-se entre os dez por cento melhores da turma de 1946. No mesmo ano, casou-se com sua amiga de infância Rosalynn Smith e tiveram três filhos e uma filha.

Quando o pai de Carter faleceu em 1953, ele regressou para Geórgia e assumiu a administração da fazenda de amendoim. Na época existiam tensões na região envolvendo a problemática de segregação racial e Carter começou a se interessar pela política local. Participou do Conselho de Educação do Condado de Sumter em 1955. Em 1962 ingressou no Partido Democrata, concorreu ao Senado Estadual da Geórgia e venceu. Em 1966 tentou o posto de Governador do Estado, mas perdeu as eleições. Em 1970 tentou novamente e foi eleito, destacando-se com sua política contra a segregação, promovendo a educação e a reforma penitenciária. Em julho de 1976 Carter foi escolhido para candidato à Presidência dos Estados Unidos pelos democratas, com o Senador Walter F. Mondale para a vice-presidência.

Em novembro de 1976 venceu o republicano Gerald Ford, tornando-se o 39º Presidente dos Estados Unidos. Tomou posse do cargo dia 20 de janeiro de 1977 com um cenário econômico complicado, enfrentando inflação, desemprego e falta de petróleo. Carter manteve a postura firme em defesa da democracia e dos direitos humanos: influenciou a queda do ditador Somoza na Nicarágua, suspendeu a ajuda econômica aos países que cometiam abusos dos direitos humanos e mediou os históricos Acordos de Paz de Camp David instaurando o fim da hostilidade entre Egito e Israel.

Apesar da atuação humanitária, o seu relacionamento com o Congresso e com a mídia não era dos melhores e Carter não conseguia comunicar adequadamente suas diretrizes políticas. Exemplo disso é a negociação secreta realizada em setembro de 1977 para devolver o Canal do Panamá ao Panamá, que foi interpretada como ato de fraqueza que não favorecia os interesses americanos. Em novembro de 1979 Carter também enfrentou dificuldades ao negociar a libertação de americanos feitos reféns por um grupo de estudantes iranianos.

O resgate mal sucedido manchou a imagem de Carter perante os eleitores e a mídia passou a impressão de que o presidente tinha sido manipulado por um grupo de jovens rebeldes. Assim, em 1980 Carter concorreu às eleições e perdeu a disputa para o candidato republicano Ronald Reagan.

Após deixar a Casa Branca, retornou a Geórgia e fundou com sua esposa o Carter Presidential Center em 1982. Localizado em Atlanta, é uma organização sem fins lucrativos que promove os direitos humanos e o avanço da democracia, buscando soluções de paz para os conflitos globais.

Com essa atividade, o político envolveu-se profundamente na mediação de conflitos internacionais, fazendo diversas viagens em prol da qualidade de vida para os menos favorecidos. Pelo seu legado notável em questões humanitárias, Carter recebeu o prêmio Nobel da Paz em 2002.

Em 2008 apoiou veementemente a candidatura de Barack Obama.

Em agosto de 2015 descobriu câncer com metástases no fígado e no cérebro. Após tratamento, divulgou em março de 2016 que não havia mais vestígios da doença. Em 14 de maio de 2019 Jimmy Carter sofreu uma queda enquanto caçava perus em sua residência, passando por uma cirurgia no quadril.

É autor de dezenas de livros sobre política e religião.

Fontes:

https://www.biography.com/us-president/jimmy-carter

https://www.ebiografia.com/jimmy_carter/

https://www.buscabiografias.com/biografia/verDetalle/4938/Jimmy%20Carter

https://veja.abril.com.br/mundo/ex-presidente-americano-jimmy-carter-sofre-acidente-e-passa-por-cirurgia/

Arquivado em: Biografias