Luiz Bonfá

Um dos integrantes do seleto grupo de músicos da bossa nova, o compositor e instrumentista Luiz Floriano Bonfá nasceu no dia 17 de Outubro de 1922 no Rio de Janeiro.

Aos 12 anos já demonstrava seu interesse pela música quando percorria um longo caminho para frequentar as aulas de violão clássico com o uruguaio Isaias Savio, mesmo antes dessas aulas ele já sabia tocar violão, somente por ouvir as músicas.

Antes de ingressar na carreira solo, Bonfá participou de alguns conjuntos, como o Quintadinha Serenaders.
Ficou em terceiro lugar num concurso para violonistas da Rádio Tupi, e logo se mudou para São Paulo, onde se interessou por música popular. Na carreira solo teve atuação destacada como compositor, e seus primeiros sucessos foram gravados por Dick Farney, em 1953.

A peça "Orfeu da Conceição", de Vinicius de Moraes, foi um marco em sua carreira. Sendo um dos responsáveis pela transição do samba-canção para a bossa nova, teve suas composições interpretadas por Nora, Ney e Lucio Alves, sua composição "Almost in Love" foi a única música brasileira gravada por Elvis Presley.

Luiz Bonfá tinha muitos sucessos nos Estados Unidos, morou lá por muitos anos. Os americanos tinham muito mais conhecimento da sua música do que os brasileiros, tendo no Brasil um catálogo pequeno de discos lançados. Ao longo de sua carreira, Bonfá ainda compôs temas, gravou trilhas para cinema e teatro e participou de Festivais da Canção. Bonfá gravou algumas músicas com sua então esposa Maria Helena Toledo, cantora e compositora. No fim da década de 60 Bonfá trabalhou com Eumir Deodato nos EUA, tendo se dedicado ao jazz e sido gravado por gente como Frank Sinatra e Sarah Vaughan.

Dono de uma sonoridade cristalina e de criativas invenções harmônicas, Luiz Bonfá foi autor da música "Manhã de Carnaval" uma das dez mais tocadas do mundo, segundo o livro Guiness, de recordes."Não há violonista que não saiba tocar Manhã de Carnaval", sentencia Toquinho, que foi discípulo do mesmo professor de violão de Bonfá, o uruguaio Isaías Sávio. "Manhã de Carnaval é uma música muito simples e muito profunda, por isso é tão especial", explica o violonista Paulinho Nogueira, que conhecia Bonfá de longa data. (http://cliquemusic.uol.com.br/materias/ver/o-adeus-a-luiz-bonfa)

O compositor e violonista Luiz Bonfá sofria de câncer na próstata, agravado por metástase óssea e uma isquemia. Ficou internado por 7 dias na clínica Núcleo Integrado de Geriatria (NIG), na Barra da Tijuca, zona oeste, bairro onde morava desde os anos 70, morreu na madrugada do dia 12 de janeiro de 2001, aos 78 anos.

Fontes:
http://cliquemusic.uol.com.br/materias/ver/o-adeus-a-luiz-bonfa
http://pt.wikipedia.org/wiki/Luiz_Bonfá

Arquivado em: Biografias