Papai Noel

Publicado em 03/02/2022
Ouça este artigo:

Papai Noel é o personagem mais conhecido do Natal. Também chamado de “O Bom Velhinho”, ele é descrito como um senhor corpulento e alegre, com uma barba espessa e branca, vestido de vermelho, usando botas pretas e um boné macio. Ele presenteia as crianças de bom comportamento na véspera do Natal.

De acordo com a tradição, ele mora no Polo Norte juntamente com sua esposa, local em que passam o ano todo fabricando os brinquedos com auxílio de duendes. Em sua casa, Noel recebe as cartinhas com pedidos de crianças do mundo todo. Então, na véspera da noite natalina, transporta os presentes em um trenó movido por oito renas, encontrando cada criança e seu respectivo brinquedo. Noel visita as famílias entrando pela chaminé das casas, depois deixa os presentes e se refresca com biscoitos e leite deixados pelos pequenos.

Papai Noel contava com oito renas, mas logo apareceu uma rena com nariz vermelho, chamada Rudolph, que tinha a capacidade de guiar a todos mesmo dentro dos piores nevoeiros. Logo foi contratado pelo Noel, virando o líder. A morada do bom velhinho fica especificamente na Lapônia, Suécia. O local é considerado patrimônio cultural, mantido pela União Europeia. Porém, a casa do Papai Noel mais conhecida fica na Finlândia. Para quem tiver interesse, o endereço é Arctic Circle, SF 96930, Rovaniemi, basta jogar no Google Mapas para poder ver os detalhes da moradia do Bom Velhinho.

Papai Noel. Foto: Jonathan Meath / Wikimedia Commons / CC-BY-SA 2.5

Origens do Papai Noel

A história relatada comumente sobre o Papai Noel tem origens na figura de São Nicolau, um santo padroeiro das crianças do século IV. Ele tinha uma relação próxima com os necessitados, aos quais demonstrava bondade e piedade, tendo até mesmo doado toda a sua fortuna para os doentes e os pobres. São Nicolau nasceu em 280 d.C., na região de Patara, próxima à Myra, onde se localiza a Turquia. Em um episódio, salvou três irmãs de serem vendidas como escravas. Logo a Igreja Católica fixou a data tradicional da entrega de brinquedos em 25 de dezembro, coincidindo com a data de em que Jesus Cristo teria nascido. Então Nicolau tornou-se Noel. Ou seja, Natal em francês.

A representação gráfica do Papai Noel teve origem nos desenhos do cartunista Thomas Nast, publicados pela Harper’s Weekly, em 1863. Por sua vez, este desenho teve inspiração na poesia “Uma Visita de São Nicolau”, de 1823. Após algum tempo, esta primeira imagem do Papai Noel acabou sendo substituída pela das propagandas criadas pela Coca-Cola na década de 1930, ilustradas pelo artista Haddon Sundblom.

O Papai Noel brasileiro

O Brasil também teve a sua versão do Papai Noel, que ficou conhecido como Vovô Índio. Este personagem foi uma forma de tentar substituir o Bom Velhinho no país tropical, visto que a sua imagem não ornava com as convicções nacionalistas dos anos 1930. Esta criação se deu a partir do movimento Integralista, que inventou a fábula do Vovô Índio, um velhinho "muito amigo das árvores", e que tinhas as vestes formadas por "penas de todas as cores dos passarinhos” e que, assim como o Noel, distribuía presentes para as crianças do Brasil.

Fontes:

https://history.uol.com.br/historia-geral/conheca-controversa-origem-do-papai-noel

https://www.dummies.com/education/holidays/the-origins-of-santa-claus/

https://www.britannica.com/topic/Santa-Claus

https://aventurasnahistoria.uol.com.br/noticias/reportagem/vovo-indio-quando-papai-noel-foi-expulso-do-brasil.phtml

Arquivado em: Curiosidades