Microtia

O termo microtia refere-se a uma deformidade congênita, que acomete o pavilhão auricular, tornando-o subdesenvolvido.

Esta condição pode ser uni ou bilateral. A forma unilateral é mais comum, ocorrendo em 90% dos casos, sendo que o lado direito é o mais afetado. Estima-se que afete 1 em cada 8.000 a 10.000 indivíduos nascidos vivos.

Normalmente esta deformidade ocorre de forma isolada; todavia, pode aparecer em associação com outras deformidades faciais. A microtia pode resultar do uso de isotretinoína durante a gestação.

Existem diferentes graus de microtia. São eles:

  • Grau I: desenvolvimento normal do canal auditivo, mas anormal do pavilhão auricular.
  • Grau II: orelha parcialmente desenvolvida, com canal auditivo estenosado, resultando em considerável perda auditiva.
  • Grau III: ausência do pavilhão auricular, apresentando somente uma diminuta estrutura vestigial, bem como ausência do canal auditivo e do tímpano. Esta é a forma mais comum de microtia.
  • Grau IV: ausência total da orelha e do canal auditivo. Também conhecida como anotia.

O tratamento visa melhorar a audição do paciente, bem como a estética do ouvido externo. Na infância, o fator que primeiro deve ser abordado é a audição. É importante que assegurar que a audição presente na infância seja suficiente para que a criança desenvolva uma fala normal. Após o nascimento, recomenda-se a realização de um teste de audição, denominado audiograma. Além disso, existem outros dois testes que podem ser realizados: estudo da resposta auditiva evocada do tronco cerebral e testes comportamentais.

No caso de completa ausência de audição, recomenda-se o uso de aparelhos auditivos durante os primeiros meses de vida. A avaliação e reconstrução cirúrgica do canal auditivo e pavilhão auricular é recomendado somente em crianças mais velhas.

A reconstrução cirúrgica do pavilhão auricular é feita utilizando-se cartilagem torácica. Recomenda-se que seja feita a partir dos 10 anos de idade.

Fontes:
http://www.microtia.com/what-is-microtia.html
http://en.wikipedia.org/wiki/Microtia

AVISO LEGAL: As informações disponibilizadas nesta página devem apenas ser utilizadas para fins informacionais, não podendo, jamais, serem utilizadas em substituição a um diagnóstico médico por um profissional habilitado. Os autores deste site se eximem de qualquer responsabilidade legal advinda da má utilização das informações aqui publicadas.
Arquivado em: Doenças congênitas