Síndrome Consumptiva

A síndrome consumptiva, também conhecida como síndrome de Wating ou síndrome do definhamento, é definida como a perda involuntária de peso, superior a 10% do peso basal. Caracteriza-se pela atrofia muscular e redução da massa magra corporal.

A caquexia aponta a presença de desnutrição em decorrência de alimentação inadequada, má absorção ou hipermetabolismo.

Esta desordem consiste em uma complexa interação entre anorexia, perda de massa gorda e magra, distúrbios psicológicos e considerável diminuição da qualidade de vida.

Pesquisadores apontam que este transtorno seja ocasionado por diferentes fatores, como o feocromocitoma, hipertireoidismo, diabetes mellitus, síndrome da má absorção, fístulas no aparelho gastrointestinal, síndrome paraneoplásica, neoplasias e síndrome da imunodeficiência adquirida (AIDS), sendo estas duas últimas as de maior destaque. Além disso, outras desordens também podem levar a esta condição.

Sua etiologia reside na diminuição da ingestão de calorias, aumento do metabolismo e perda calórica, de acordo com a causa. Nos casos das neoplasias, este processo abrange a produção de citocinas, liberação de fatores proteolíticos e lipolíticos e alteração no metabolismo intermediário.

O diagnóstico é feito com base no histórico e quadro clínico apresentado pelo paciente. Além disso, é fundamental procurar a causa, por meio de exames laboratoriais, como de sangue, de urina e de fezes. Exames de imagem, como radiografia torácica, ultrassonografias, tomografia computadorizada e ressonância magnética, também são úteis no fechamento do diagnóstico.

Em muitos casos, é difícil reverter o quadro. O intuito sempre é aumentar a sobrevida e melhorar a qualidade de vida do paciente.

Fontes:
http://gesepfepar.com/semiologia/first-post/sindrome_consuntivo.pdf
http://pt.wikipedia.org/wiki/S%C3%ADndrome_consumptiva
http://www.webmd.com/hiv-aids/aids-wasting-syndrome

AVISO LEGAL: As informações disponibilizadas nesta página devem apenas ser utilizadas para fins informacionais, não podendo, jamais, serem utilizadas em substituição a um diagnóstico médico por um profissional habilitado. Os autores deste site se eximem de qualquer responsabilidade legal advinda da má utilização das informações aqui publicadas.
Arquivado em: Síndromes