Objetos e materiais recicláveis

Mestre em Ecologia e Manejo de Recursos Naturais (UFAC, 2015)
Graduada em Ciências Biológicas (UFAC, 2011)

Reciclar é um processo que transforma materiais considerados inutilizáveis em novos produtos para o consumo, através de sua reinserção no ciclo produtivo. A reciclagem contribui para solucionar os problemas causados pela contínua produção de lixo. A coleta seletiva é uma etapa fundamental do processo de reciclagem e para que possamos contribuir com todo esse processo devemos conhecer os materiais que podem ser reciclados e separá-los dos materiais não recicláveis. Os materiais mais reciclados são o vidro, o metal, o papel e o plástico, mas para cada tipo de material existem algumas exceções.

Ilustração:r Alfmaler / Shutterstock.com

O papel é um dos produtos mais utilizados do mundo, por isso sua reciclagem é muito importante. Os principais papéis que podem ser reciclados são: jornais, revistas, folhas de caderno, envelopes, listas telefônicas, cartolinas, cartões, cartazes, aparas de papel, formulários de computador, sacos de papel, caixas de papelão (papel ondulado) e panfletos de propaganda. Estes materiais devem estar limpos e secos. Papéis engordurados e sujos, papéis adesivos, plastificados ou metalizados e fotografias não são recicláveis. Leia mais: Reciclagem de papel.

Os plásticos estão presentes em diversos objetos. Entre os principais materiais plásticos recicláveis temos: copos descartáveis, sacos e sacolas, embalagens PET, canos e tubos de PVC, brinquedos, baldes, canetas, embalagens de produtos de limpeza e de beleza, frascos, potes de alimentos (sorvete, margarina, etc.) e engradados de bebidas. As embalagens metalizadas de salgadinhos, biscoitos, chocolates e outros produtos, são recicláveis, mas o processo ainda é bastante desconhecido e pouco realizado pelas empresas recicladoras. O isopor também é reciclável, mas a maioria das empresas não tem interesse na coleta desse material, principalmente por ser um produto que apesar de leve, é muito volumoso, o que dificulta o transporte. Leia mais: Reciclagem de plásticos.

Quanto aos metais, os principais objetos recicláveis são: latas de alumínio e aço, panelas, tampinhas de garrafa, perfil de alumínio, arames, pregos, utensílios domésticos, inclusive os de aço inox, canos de metal, fios de cobre, papel alumínio (limpo), ferragens, sucatas de automóveis, chapas de metal, janelas, portas, e portões. Entre os não recicláveis temos as latas de tinta e de produtos químicos, esponjas de aço, grampos e clipes. Leia mais: Reciclagem de metais.

O vidro pode ser reciclado infinitas vezes sem perder suas propriedades. Os objetos que podem ser reciclados são: garrafas de bebidas, potes de produtos alimentícios, frascos de molhos, perfumes, remédios e outros produtos, copos e cacos destes objetos. Existem alguns objetos de vidro mais difíceis de serem reciclados, porque não existem tecnologias adequadas ou porque o processo de reciclagem não é interessante economicamente, como os vidros dos automóveis, vidros temperados, espelhos e tubos de monitores.

Materiais orgânicos também podem ser reciclados, principalmente por meio da compostagem. A reciclagem de objetos considerados perigosos, como lâmpadas fluorescentes, baterias e pilhas, ainda não é realizada na maioria dos países, por isso estes objetos não devem ser descartados no lixo comum ou junto com os demais materiais recicláveis. Por lei, os estabelecimentos que comercializam estes objetos devem recebê-los para que os procedimentos adequados de tratamento e disposição final sejam adotados.

Referências:

Cardoso, M. M.; Cantão, L. A. P.; Pitondo, L. L.; Mancini, S. D. Materiais Recicláveis. 1. ed. São Paulo: Campus Experimental de Sorocaba, 2013. v. 12. 48p.

Redação do Pensamento Verde. Quais são os materiais recicláveis e não recicláveis? Disponível em <https://pensamentoverde.com.br/reciclagem/quais-sao-os-materiais-reciclaveis-e-nao-reciclaveis/>