Tenébrios

Os Tenébrios são besouros da família Tenebrionidae, podendo ter alguns milímetros até alguns centímetros, tendo seu representante mais conhecido o Tenébrio-da-Farinha (Tenebrio molitor).

Tenebrio molitor. Foto: Sanja565658 [CC-BY-SA-3.0 (http://creativecommons.org/licenses/by-sa/3.0) or GFDL (http://www.gnu.org/copyleft/fdl.html)], via Wikimedia Commons

Tenebrio molitor. Foto: Sanja565658 [CC-BY-SA-3.0 or GFDL], via Wikimedia Commons

Como todos os besouros, são holometábolos, ou seja, tem todos estágios de desenvolvimento: ovo – larva – pupa – adultos e possuem um par de asas anteriores rígidas, chamadas como élitros, que protegem como um "estojo" as asas membranosas que são mais delicadas.

Algumas espécies de tenebrionídeos são consideradas pragas agrícolas, devido sua preferência por habitarem locais secos. Podem ser frequentemente encontrado em moinhos, armazéns e depósitos de cereais e grãos, subprodutos como farinhas e farelos também podem conter esses insetos, sejam larvas ou adultos. O controle desses insetos está vinculado ao uso de inseticidas, entretanto, pesquisas recentes mostram que populações estão ficando resistentes à esses agentes químicos.

Além para a agricultura, algumas espécies podem trazer danos a outros setores econômicos como avicultura: a espécie conhecida como Cascudinho (Alphitobius diaperinus) é um inseto comum nos aviários de corte.  Os cascudinhos são ingeridos pelas aves, no lugar da ração balanceada, reduzindo a ingestão de ração de engorda e de nutrientes necessários afetando o desenvolvimento das aves. Os adultos e larvas perfuram a pele das aves para se alimentarem de sangue, abrindo feridas e ocasionando a morte do animal.

No ambiente natural, estes insetos desempenham um papel importante na transmissão de numerosos agentes patogênicos como vírus, protozoários, fungos, helmintos e bactérias, assim desempenhado papeis de recicladores de nutrientes pois se alimentam de material em decomposição, como fezes e de animais mortos.

Não somente de prejuízos esses animais são conhecidos, também são populares entre os criadores de animais em cativeiro. São um excelente alimento para um grande número de animais, entre os quais rãs, sapos, tartarugas, lagartos, camaleões, salamandras terrestres, peixes, cobras, aranhas, escorpiões, macacos, pequenos mamíferos e pássaros, não só insetívoros mas também omnívoros e frugívoros, principalmente quando estão criando os filhotes, que necessitam de muita proteína na sua alimentação. As espécies mais utilizadas para tal pratica são Tenébrio-da-Farinha (Tenebrio molitor) e Tenébrio Gigante (Zophobas morio).

Referências:
Botelho P S M, Botelho B S, Bento J M S (eds) Controle biológico no Brasil: parasitóides e predadores. São Paulo, Editora Manole, 609p.
Rafael, J.A.; Melo, G.A.R.; DE Carvalho, C.J.B.; Casari, S.A.; Constantino R. 2012. Insetos do Brasil: Diversidade e Taxonomia. Ribeirão Preto. Holos Editora, 810 p.

Arquivado em: Insetos