Sermão de Santo António aos Peixes

Pregado em São Luís do Maranhão, em 1654, pelo Padre Antônio Vieira, o Sermão de Santo Antônio aos Peixes ocorreu após uma disputa entre os colonizadores portugueses que estavam no Brasil. Este sermão é considerado na literatura brasileira como um documento que apresenta grande imaginação, poder de sátira e oratória hábil. O padre proferia o discurso fazendo comparações entre os vícios dos colonos com os tipos de peixes, como o polvo, o voador, o pegador e o roncador.

A argumentação construída neste sermão é um de seus pontos altos. Em suas palavras, o Padre Antônio Vieira louvava as virtudes dos seres humanos, assim como censurava o que considerava ser o vício dos colonizadores. No intuito de conseguir uma legislação justa para os nativos, o padre proferiu esse sermão 3 dias antes de partir para Portugal. Essa obra é considerada uma alegoria, pois os homens são personificados pelos peixes.

No capítulo III, Padre Vieira apresenta o Peixe de Tobias, a Rémora, o Torpedo e o Quatro-Olhos. Já no capítulo V, ele compara os tipos de peixes com os vícios humanos. Os Roncadores são a representação do orgulho e da soberba, os Pegadores são os parasitas, os Voadores são a ambição e a presunção. Por último, o Polvo, que representa a traição.

Nesse sermão são encontradas muitas figuras de linguagem. Entre elas, as de maior destaque são: Antíteses (Oh que boa doutrina era esta para a terra, se eu não pregara para o mar!), Comparações (O que é a baleia entre os peixes, era o gigante Golias entre os homens), Anáforas e Paralelismos (Quantos, na Nau Sensualidade (...), se a rémora da língua de António), Ironia (Mas ah sim, que me não lembrava! Eu não prego a vós, prego aos peixes), Metáforas ( e o polvo dos próprios braços faz as cordas) e Trocadilhos (o peixe abriu a boca contra quem se lavava, e Santo António abria a sua contra os que se não queriam lavar).

Sobre o Padre Antonio Vieira

Nascido em Lisboa no dia seis de fevereiro de 1608, o Padre Antônio Vieira foi um orador português, além de filósofo e escritor. Foi uma figura de muita influência no século XVII, tendo destaque como missionário no Brasil. Defensor dos direitos humanos, abraçou a causa dos índios e combateu a exploração e a escravidão. O Padre Vieira faleceu em Salvador (Bahia) no dia 18 de julho do ano de 1697.

Fontes:
http://www.passeiweb.com/na_ponta_lingua/livros/resumos_comentarios/s/sermao_de_santo_antonio_aos_peixes
http://pt.wikipedia.org/wiki/Padre_Ant%C3%B3nio_Vieira
http://www.lithis.net/19
http://pt.wikipedia.org/wiki/Padre_Ant%C3%B3nio_Vieira

Arquivado em: Livros