Dieta para Gestantes

A idade gestacional é contada em semanas, e pode ser dividida em três trimestres: o 1º trimestre possui 12 semanas, o 2º trimestre estende-se da 13° a 27° semana e o 3º trimestre ocorre da 28° semana até o final da gestação.

Apesar do que muitas pessoas acham, durante a gestação a mãe não precisa ingerir o dobro de comida para possibilitar um bom crescimento ao bebê. Costuma-se dizer que a gestante deve “comer por dois”, ignorando os prejuízos do ganho excessivo de peso para a saúde da mãe e da criança.

Algumas implicações de uma alimentação exagerada na gestação é o aumento de dores nas costas e nas pernas pela sobrecarga de peso, azia devido à compressão do estômago pelo útero, aparecimento de varizes, surgimento de estrias e cansaço.

Durante o período gestacional não se deve fazer uma dieta restritiva para perder peso, pois, a falta de nutrientes nas quantidades necessárias pode gerar grave comprometimento no desenvolvimento do bebê. As gestantes que se encontram acima do peso ideal devem somente evitar os exageros, principalmente de doces, biscoitos, chocolates, refrigerantes e frituras, devendo substituir as guloseimas por frutas e sucos naturais. Vale lembrar que a ingestão de água durante o decorrer do dia é essencial para o bom funcionamento do organismo.

O acréscimo de energia durante a gestação deve ser de apenas 300Kcal ao dia para o 2º e 3º trimestres, não sendo necessário o aumento no 1º trimestre. Seguindo este padrão espera-se que a futura mamãe ganhe entre 10 e 15 kg, no máximo, até os 9 meses.

Durante a gestação, os nutrientes mais importantes são: proteínas, vitamina C, ácido fólico, vitamina D, ferro e cálcio. Evite o uso excessivo de sal, uma vez que pode provocar retenção de líquido e consequentemente inchaço e hipertensão. Mantenha distância do álcool, cigarro e drogas, pois são substâncias danosas ao organismo da mãe e do feto. A alimentação deve ser dividida em no mínimo 6 vezes ao dia para que dessa forma possa aliviar as náuseas e os vômitos normalmente presentes durante a gravidez. Mastigue os alimentos adequadamente e alimente-se em ambientes tranqüilo, pois assim, favorece o processo da sua digestão. Evite deitar em posição reclinada logo após se alimentar, pois esta posição favorece as náuseas e enjôos comuns na gestação.

Outro problema bem comum durante a gravidez é a prisão de ventre, mas ela pode ser aliviada com o aumento na ingestão de fibras, frutas, como mamão papaia, ameixa, uva, (fresca ou passa) e frutas cítricas, levando assim ao funcionamento normal do intestino durante toda a gestação.

AVISO LEGAL: As informações disponibilizadas nesta página devem apenas ser utilizadas para fins informacionais, não podendo, jamais, serem utilizadas em substituição a um diagnóstico médico por um profissional habilitado. Os autores deste site se eximem de qualquer responsabilidade legal advinda da má utilização das informações aqui publicadas.
Arquivado em: Alimentos, Nutrição