Gordura poliinsaturada

Mestre em Ciências Biológicas (UFRJ, 2016)
Graduada em Biologia (UFRJ, 2013)

As gorduras poliinsaturadas são um tipo de gordura insaturada caracterizada pela presença de duas ou mais ligações duplas entre carbonos (C=C) de sua cadeia. Por se tratarem de gorduras insaturadas, geralmente são encontradas em estado líquido em temperatura ambiente, mas tendem a ficar sólidas quando resfriadas.

Molécula de gordura poliinsaturada.

As gorduras poliinsaturadas podem trazer benefícios à saúde já que ajudam a reduzir os níveis de “colesterol ruim” (LDL) no sangue, e consequentemente diminuem os riscos de doenças cardiovasculares. Além disso, alimentos ricos em gorduras poliinsaturadas consumidos em conjunto com alimentos contendo vitamina E, favorecem a retirada do colesterol do sangue pelas lipoproteínas de alta densidade (HDL) e parece reduzir o risco de desenvolvimento de doenças neuromotoras.

Os ácidos graxos que compõem as gorduras são caracterizadas pela presença de um grupamento carboxila (–COOH). As posições das ligações duplas entre carbonos de cadeias poliinsaturadas são contadas a partir desse grupamento e designadas por letras gregas. O átomo de carbono mais próximo do grupo carboxila é o carbono alfa, o próximo carbono é o carbono beta e assim por diante até o carbono mais distante que é chamado de ômega. Assim, os ácidos graxos ômega-3 têm uma de suas ligações duplas a três carbonos de distância do último carbono da cadeia, enquanto os ácidos graxos ômega-6 seguem a mesma lógica, mas com uma ligação dupla a seis carbonos de distância.

Essas gorduras poliinsaturadas ômega-3 e ômega-6 são essenciais para a saúde, participando de diversas funções no corpo humano como a produção de componentes estruturais de membranas, principalmente de células da retina do olho e do sistema nervoso. Logo, essas gorduras devem ser um elemento integrante de nossas dietas, já que o corpo humano não é capaz de sintetizá-las. As gorduras ômega-3 estão presentes em peixes, frutos do mar e algas. Sua ingestão auxilia na diminuição dos níveis de triglicerídeos e “colesterol ruim” (LDL), enquanto pode favorecer o aumento do “colesterol bom” (HDL). Elas ainda são essenciais para a formação de substâncias que atuam combatendo processos inflamatórios. Já as gorduras ômega-6 são representadas principalmente pelo ácido linoleico encontrado principalmente em óleos vegetais como os óleos de soja, canola, girassol e palma. Assim como o ômega-3, o consumo de ômega-6 reduz os níveis do “colesterol ruim” (LDL) no sangue, tendo sido associado à diminuição da mortalidade por doenças cardiovasculares ao longo dos anos.

Porém, pesquisas médicas alertam que o consumo excessivo de gorduras ômega-6, em relação a certas gorduras ômega-3, podem causar efeitos preocupantes, aumentando os riscos de ocorrência de algumas doenças. O excesso de gorduras ômega-6 interfere inclusive na ação benéfica do ômega-3, já que elas competem por algumas enzimas em comum. Esse fato requer atenção especial, já que a nossa dieta geralmente é composta por mais alimentos preparados com óleos ricos em gorduras poliinsaturadas ômega-6, do que por alimentos ricos em ômega-3 como peixes. Como participam de diversas funções no corpo, a alta proporção de gorduras ômega-6 em relação as ômega-3 altera o estado fisiológico dos tecidos, favorecendo o aparecimento de problemas cardiovasculares e inflamatórios.

Referências:

Schnell, J. W.; Anderson, R. A.; Stegner, J. E.; Schindler, S. P.; Weinberg, R. B. 2001. Effects of a high polyunsaturated fat diet and vitamin E supplementation on high-density lipoprotein oxidation in humans. Atherosclerosis, 15: 459-466

Veldink, J. H.; Kalmijn, S.; Groeneveld, G. J. 2007. Intake of polyunsaturated fatty acids and vitamin E reduces the risk of developing amyotrophic lateral sclerosis. Journal of Neurology, Neurosurgery, and Psychiatry, 78(4):367-371.

Willett, W. C. 2007. The role of dietary n-6 fatty acids in the prevention of cardiovascular disease. Journal of cardiovascular medicine, 8 (Suppl 1): 42-45.

Sites:

https://healthyforgood.heart.org/eat-smart/articles/polyunsaturated-fats

http://lpi.oregonstate.edu/mic/other-nutrients/essential-fatty-acids

AVISO LEGAL: As informações disponibilizadas nesta página devem apenas ser utilizadas para fins informacionais, não podendo, jamais, serem utilizadas em substituição a um diagnóstico médico por um profissional habilitado. Os autores deste site se eximem de qualquer responsabilidade legal advinda da má utilização das informações aqui publicadas.
Arquivado em: Bioquímica, Nutrição