Acento agudo

Mestra em Letras e Linguística (UFG, 2016)
Licenciada em Letras-Português (UFG, 2009)

Publicado em 19/02/2022
Ouça este artigo:

Em Língua Portuguesa, o acento Agudo é um sinal gráfico utilizado para marcar uma característica sonora de vogais, sugerindo uma pronúncia mais intensa, aberta. Este sinal é representado com um traço diagonal de baixo para cima, da esquerda para a direita, e é posicionado acima das vogais / Á /, / É /, / Ó / e das semivogais / Í /, / Ú /. Veja alguns exemplos de palavras que utilizam o acento Agudo:

  • Água
  • Café
  • Índio
  • Cipó
  • Último

Por que existe o acento Agudo?

Os símbolos de uma língua, como letras e sinais gráficos, são recursos próprios da linguagem escrita, cujo objetivo é a representação dos sons da fala, e são organizados em alfabeto entre vogais e consoantes. As vogais / a /, / e /, / o /, por exemplo, são símbolos que podem representar diferentes sons, a depender da sua posição na composição da palavra e da presença de sinais gráficos, como os acentos Circunflexo, Agudo e o Til.

Para entender melhor o que isto significa, leia as palavras a seguir observando os diferentes sons da vogal A:

  • ABACATE
  • FUBÁ
  • CAÃO
  • GOIÂNIA

O acento Agudo na palavra FUBÁ sinaliza uma entonação fonética mais intensa, mais aberta da vogal A, diferente do que observamos na palavra GOIÂNIA, que é mais fachada, em função da utilização de outro sinal gráfico, o acento Circunflexo (Â).

Pouco relevante em línguas de origem germânica, como o Inglês, o acento Agudo é um sinal bastante recorrente em línguas de origem latina, como Português, Espanhol e Francês, as quais utilizam muitas vogais na composição das palavras.

O acento Agudo e a marcação de sílaba tônica

Em Língua Portuguesa, não há palavras sem a presença de vogal em sua composição. Assim, as sílabas que compõem as palavras apresentam intensidade de entonação diferente, sendo a mais intensa chamada de sílaba tônica.

Toda palavra formada por mais de uma sílaba (dissílaba, trissílaba ou polissílaba) tem uma sílaba tônica, a qual pode ser marcada na escrita com ou sem o auxílio dos sinais gráficos, como o acento Agudo.

Veja exemplos de palavras que têm a sílaba tônica sinalizada pela presença do acento Agudo:

  • Vinícola: vi – – co – la
  • Áspero: ás – pe – ro
  • Cipó: ci –

Agora, veja exemplos de palavras cuja sílaba tônica não é marcada por sinalização gráfica:

  • Vacina: va – ci – na
  • Grande: gran – de
  • Sapato: sa – pa – to
  • Urso: ur – so

Como identificar a sílaba tônica em palavras sem a presença de acento Agudo ou outros sinais gráficos?

Para identificar a sílaba tônica de uma palavra que não tem acento, uma dica preciosa é simular a pronúncia da palavra para alguém que estivesse à longa distância; a sílaba pronunciada de maneira mais alongada certamente é a mais forte, ou seja, a sílaba tônica.

Façamos o teste: Imagine que você fale a palavra VACINA (VA – CI – NA) para alguém que esteja longe, do outro lado da rua, por exemplo. A pronúncia seria: VACIIIIIIIINA (VA – CIIIIIIIIII – NA). A extensão da sílaba “CI” facilita a identificação de uma sílaba mais forte que as demais, ou seja, a sílaba tônica.

Regras para utilização do acento Agudo

Para saber quando ou não utilizar o acento Agudo, a melhor maneira é estudar sobre as regras de acentuação das palavras de nossa Língua, observando a classificação entre monossílabos tônicos, proparoxítonas, oxítonas e paroxítonas.

Monossílabos tônicos: São acentuados quando terminarem em: -a, -e, -o, -éu, -ói.

Exemplos: dói, rói, dó, nó, pó, só, pá, lá, cá, chá, pé, céu, réu.

Proparoxítonas: São palavras cuja sílaba tônica é a antepenúltima. São acentuadas TODAS as palavras proparoxítonas.

Exemplos: áspero, símbolo, ácaro, Érica, árcade, único, época.

Oxítonas: São palavras cuja sílaba tônica é a última. Devem ser acentuadas as oxítonas terminadas em: -a(s), -e(s), -o(s), -em, ens.

Exemplos: fubá, cajás, Carajás, lilás, atrás, picolé, cafés, também, porém, parabéns, neném(ns).

Paroxítonas: São palavras cuja sílaba tônica é a penúltima. Devem ser acentuadas as paroxítonas terminadas em: -i(s), -u(s), -um, -uns, -i, -r, -x, -n. Também são acentuadas quando terminam em ditongo oral (vogal e semivogal) e as palavras terminadas em: -ã, -ãs, -ão, -ãos.

Exemplos: vírus, álbum, tórax, lápis, revólver, órgãos, órfão, táxi, relógio, água, águia, xérox, alívio, tupã.

O acento Agudo e o Novo Acordo Ortográfico

A partir de 2012, com a oficialização do Novo Acordo Ortográfico, o acento agudo deixou de ser utilizado em algumas palavras, considerando três casos:

1. Nos ditongos orais abertos: “ei”, “oi”, “oia” das palavras paroxítonas.

Exemplos:

  • idéia – ideia
  • assembléia – assembleia
  • heróico – heroico
  • jibóia – jiboia
  • paranóia – paranoia

Atenção!!!

Permanecem acentuados os monossílabos tônicos e as oxítonas terminados em “éi”, “éu” e “ói”.

Exemplos:

  • herói(s)
  • Ilhéu(s)
  • chapéu(s)
  • bordéis
  • anéis,
  • dói
  • céu

2. Nas palavras paroxítonas com / i / e / u / tônicos que formam hiato (sequência de duas vogais que pertencem a sílabas diferentes):

Exemplos:

  • feiúra – feiura
  • boiúna – boiuna
  • baiúca – baiuca

Atenção!!!

a) Continuam sendo acentuadas as vogais / i / e / u / se formarem hiato mas estiverem sozinhas na sílaba ou seguidas da consoante / s /.

Exemplos:

    • baú(s)
    • saída(s)
    • açaí(s)

b) Continuam sendo acentuadas as palavras oxítonas se formarem hiato mas estiverem sozinhas na sílaba ou seguidas da consoante / s /.

Exemplos:

    • tuiuiú
    • Piauí
    • tatuí
    • tiú

3. Deixam de receber acento as formas verbais que têm o acento tônico no radical, com a vogal / u / tônica precedida das letras / g / ou / q / seguida de / e / ou / i /.

Exemplos:

  • argúis – arguis
  • argúem – arguem
  • redargúis – redarguis
  • redargúem – redarguem

Leia também:

Exercícios e questões de vestibulares

Questão 01:

Com relação ao uso do acento Agudo, assinale a alternativa correta:

Veja a resposta desta e mais outras questões!
Exercícios sobre Acento agudo - Português
Arquivado em: Português