Transtorno de Ansiedade Generalizada

O transtorno de ansiedade generalizada (TAG) consiste em um dos transtornos mentais mais observados na clínica. Nos dias de hoje, este distúrbio é avaliado como uma doença crônica, que apresenta morbidade relativamente alta, bem como altos custos individuais e sociais.

Trata-se de uma preocupação constante e persistente em relação a diversas atividades e eventos do cotidiano, de controle difícil e que persiste por, no mínimo, seis meses e que, de acordo com o DMS-IV (Manual de Diagnóstico e Estatístico de Transtornos Mentais) vem acompanhado por três ou mais das seguintes manifestações clínicas: inquietação, fadiga, irritabilidade, dificuldade de concentração, tensão muscular e distúrbios do sono.

Outro ponto que deve ser enfatizado é que, no caso do TAG, o nível de ansiedade é desproporcional ao fato que conduz à ansiedade, levando a muito sofrimento e interferindo da qualidade de vida do indivíduo e no convívio familiar, social e profissional.

Acomete indivíduos de todas as faixas etárias, desde o nascimento até a velhice, sendo que, no geral, as mulheres são mais atingidas do que os homens.

Os pacientes com a TAG podem apresentar tremores, inquietação, falta de ar, cefaleia, sudorese excessiva, palpitações, taquicardia, transtornos gastrointestinais, dificuldade de concentração, tensão muscular, irritabilidade e fácil perda de controle.

O diagnóstico inclui o histórico do paciente, a avaliação clínica detalhada e, quando for necessário, alguns exames complementares podem ser realizados.

O diagnóstico diferencial engloba TOC (transtorno obsessivo compulsivo), síndrome do pânico e fobia social.

O tratamento inclui o uso de fármacos antidepressivos ou ansiolíticos, além da terapia comportamental cognitiva. O tratamento medicamentoso deve ser estendido por seis a doze meses após o desaparecimento dos sintomas, porém a dose deve ser reduzida gradativamente.

Fontes:
http://pt.wikipedia.org/wiki/Transtorno_de_ansiedade_generalizada
http://drauziovarella.com.br/letras/t/tag-transtorno-da-ansiedade-generalizada/
http://www.scielo.br/pdf/rbp/v23n4/7172.pdf

AVISO LEGAL: As informações disponibilizadas nesta página devem apenas ser utilizadas para fins informacionais, não podendo, jamais, serem utilizadas em substituição a um diagnóstico médico por um profissional habilitado. Os autores deste site se eximem de qualquer responsabilidade legal advinda da má utilização das informações aqui publicadas.
Arquivado em: Psiquiatria