Ácidos de Cloro

Licenciatura Plena em Química (Universidade de Cruz Alta, 2004)
Mestrado em Química Inorgânica (Universidade Federal de Santa Maria, 2007)

O elemento químico cloro, em sua forma iônica de cloreto, apresenta NOX -1 e, dessa forma, pode combinar-se quimicamente com um grande número de elementos de caráter positivo. Quando entre os cátions presentes na molécula encontra-se o hidrogênio, temos então um ácido. Os principais exemplos para esse tipo de composto são os ácidos cloráurico, clórico, clorídrico e cloroso, em relação às suas propriedades e aplicabilidades, tanto para a indústria como para o laboratório de pesquisa.

Principais Ácidos de Cloro

  • Ácido Cloráurico: Em presença de ácido clorídrico (HCI), o cloreto de ouro (AuCl) dá origem ao ácido cloráurico, de fórmula molecular HAuCl4. Este ácido também é formado laboratorialmente ao dissolver-se ouro na água régia. Por aquecimento, pode-se decompor e liberar o HCl, retornando ao sal de ouro (cloreto).
  • Ácido Clórico: Trata-se de um oxiácido derivado do elemento cloro, de fórmula molecular HCIO3, que existe apenas em soluções aquosas com concentração máxima de 40%. É instável e se decompõe em temperaturas brandas, em dióxido de cloro (CIO2), água e ácido perclórico (HCIO4), conforme a equação 3HCIO-> HCIO4 + 2CIO2 + H2O. Pode ser preparado a partir de seus sais, os cloratos, compostos mais estáveis. Entretanto, geralmente é obtido através do clorato de bário, e na reação com ácido forte, geralmente o ácido sulfúrico, havendo então a formação do ácido clórico e de sulfato de bário, composto Insolúvel, retirado do meio reacional por filtração. Dentre seus sais ganha importância o clorato de potássio, utilizado com frequência em pirotecnia e na fabricação de fósforos de segurança. Laboratorialmente pode ser utilizado na obtenção do gás oxigênio puro. No meio farmacêutico recebe aplicabilidade na produção de pastilhas para garganta.
  • Ácido Clorídrico: Muito corriqueiro no laboratório de pesquisa e na indústria, trata-se de uma solução de hidreto de cloro ou gás clorídrico em água. Possui fórmula molecular HCl. Devido à sua aplicabilidade, recebe destaque como o mais importante dos ácidos de halogênio. Requer extremo cuidado em seu manuseio, pois apresenta forte odor e é altamente volátil e sufocante. Entretanto, a solução aquosa comum deste ácido apresenta concentração de 37% em massa de gás clorídrico, sendo esta a concentração máxima de sua solução, sendo conhecida como ácido clorídrico concentrado. Mesmo em solução, é um dos mais fortes ácidos conhecidos, ou seja, apresenta elevado grau de ionização. Sua utilização vai desde a limpeza de superfícies metálicas até seu emprego como reagente de síntese.
  • Ácido Cloroso: Ácido contendo oxigênio (oxiácido), também derivado do elemento cloro, de fórmula molecular HClO2. Não apresenta aplicabilidade em sua forma livre.

Referencias:
NÓBREGA, da Silva; Química, volume único, 1ª edição, ed. Ática, São Paulo/SP-2011.

Arquivado em: Ácidos