Articulações

Por Marcelo Oliveira
O corpo humano é capaz de realizar diversos movimentos, graças à articulação encontrada em nosso esqueleto. O responsável por dar esta mobilidade entre ossos e estabilizar as zonas de união entre os vários segmentos do esqueleto é o Sistema Articular.

O Sistema Articular é formado por um conjunto de articulações, ponto de contato entre dois ou mais ossos. Existem três tipos de articulações: sinartrose (inflexíveis), anfiartrose e diartrose (permitem movimentos).

Articulações do joelho

Articulações do joelho

Essa mobilidade, porém causa um atrito, amenizado pelo Sistema Articular com a existência das bolsas sinoviais, que agem como amortecedores entre os ossos e os tecidos à sua volta (outros ossos, tendões, etc) .

De acordo com o grau de mobilidade ofertada, as articulações diartroses podem ser classificadas em sinoviais, fibrosas ou cartilaginosas.

  • Sinoviais – possuem um espaço entre os ossos e são separadas de acordo com os eixos de movimentos:
    • Uniaxial (1 eixo, 2 movimentos):
      • Gínglimo ou articulação em dobradiça (permite extensão e flexão): falanges, cotovelo.
      • Gínglimo ou dobradiça atípica: joelho (pequena rotação)
      • Trocóide ou pivô (permite movimento de rotação, onde um osso desliza sobre outro fixo):articulações rádio-ulnar e atlanto-axial.
      • Plana ou artródia (deslizamento para frente e para trás): articulações dos ossos carpais e tarsais, articulação da mandíbula.
    • Biaxial (2 eixos, 4 movimentos):
      • Condilar ou elipsóide (extremidade côncava em contato com outra convexa, limitando o movimento): articulações atlanto-occiptal e entre o punho e o carpo.
      • Selar (relacionamento de extremidades de igual curvatura, permitindo a circundação): articulação carpo-metacarpal do polegar.
    • Triaxial, esferóide ou enartrose (3 eixos, 6 movimentos): articulação do quadril.
    • Poliaxial (triaxial com maior mobilidade): articulação do ombro.
  • Fibrosas ou sinfibrosas – articulação fibrosa é aquela que apresenta tecido fibroso interposto entre os ossos, podendo ser:
    • Suturas
    • Dentadas
    • Escamosas
    • Planas
    • Gonfoses – articulações fibrosas que ocorrem entre cavidades e saliências (ex. dentes e maxila, dentes e mandíbula)
    • Sindesmoses – articulações fibrosas ligadas por fibras colágenas ou lâminas de tecido fibroso - membrana interóssea (ex.rádio e ulna; tíbia e fíbula)
  • Cartilaginosas – são as articulações que apresentam cartilagem entre os ossos, podendo ser:
    • Sincondroses – ossos que aderem por cartilagem hialina que mais tarde ossifica; Seqüência: osso-cartilagem-osso (ex. sacro e cóccix)
    • Sínfises ou anfiartroses – existe uma fibrocartilagem espessa interposta; Seqüência: osso-cartilagem-disco-cartilagem-osso (ex. articulações entre corpos vertebrais)

A principal característica das sinartroses é a sua quase que total imobilidade, já que são articulações formadas pela sólida união de dois ou mais segmentos ósseos, formando uma camada protetora dos tecidos que revestem o exterior do esqueleto, como os ossos do crânio e da face, por exemplo. São classificadas em concordantes e discordantes:

  • Concordantes – adaptam-se uma à outra
    • Planas ou artrodias – superfícies planas (ex. corpo da vértebra, cabeça da costela e vértebras vizinhas)
    • Enartroses ou esféróides – superfícies esféricas (ex. úmero com escápula, fêmur com osso coxal)
    • Trocartroses ou trocóides – superfícies cilíndricas (ex. cabeça do rádio e ulna)
    • Trocleartroses ou ginglimos – forma de roldana (ex. úmero e ulna)
    • Condilartroses – forma de côndilo (ex. úmero e rádio)
    • Efipiartroses ou sela – forma de sela de montar (ex. clavícula, esterno e primeira cartilagem costal)
  • Discordantes – apresentam algo na articulação para que os ossos concordem
    • Meniscartroses – apresentam uma fibrocartilagem que aumenta a superfície articular e a torna mais côncava (ex. joelho)
    • Heteroartroses – (ex. entre atlas e áxis)

Fontes:
http://www.medipedia.pt/home/home.php?module=artigoEnc&id=383
http://pt.wikipedia.org/wiki/Articulação
http://www.todabiologia.com/anatomia/articulacoes.htm