Diafragma

Por Débora Carvalho Meldau
O diafragma é um músculo estriado esquelético que separa a cavidade abdominal da torácica e é o principal responsável pela respiração nos seres humanos. Está presente em todos os mamíferos e em algumas aves.

Nos humanos, este músculo está localizado junto às vértebras lombares, às costelas inferiores e o esterno e, ligando-se a estas estruturas através de tendões periféricos. Apresenta-se recoberto pelo peritônio em sua parte inferior, em sua parte superior, é adjacente à pleura parietal.

Feixes musculares irradiam dos ligamentos periféricos que correm para se unirem no centro tendíneo. Embora os feixes musculares formem uma lâmina contínua, este músculo divide-se em três partes:

  • Parte esternal: fixada na parte posterior do processo xifóide presente no esterno;
  • Parte costal: os feixes ligam-se às cartilagens costais inferiores e às costelas correspondentes;
  • Parte lombar: liga-se a três vértebras lombares superiores.

Na parte superior ao diafragma, são encontrados os ligamentos frênicopericárdicos, ligando o pericárdio a este músculo.

O diafragma conta com três aberturas que permitem a passagem do esôfago (hiato esofágico), nervos, aorta (hiato aórtico), vasos torácicos e linfáticos.

Quando o diafragma está relaxado, possui o formato de uma abóbada. Durante o processo de inspiração, este se contrai e ao distender-se irá diminuir a pressão intratorácica e comprimir as vísceras abdominais. Deste modo, o ar tende a entrar nos pulmões e auxilia na circulação sanguínea na veia cava inferior. Quando há o relaxamento deste músculo, o ar presente nos pulmões é expulso. Como seus movimentos fazem pressão no trato gastrointestinal, ele tem um papel importante no processo de digestão dos alimentos; é importante também nos mecanismos de tosse, espirro, parto e defecação.

Existem casos onde as vísceras (estômago ou intestino), podem penetrar através dos pontos de passagens presentes no diafragma para a cavidade torácica. Esta anomalia é conhecida como hérnia diafragmática.

Fontes:
http://pt.wikipedia.org/wiki/Diafragma_(músculo)
http://www.icb.ufmg.br/mor/anatefis/paredes_do_abdome_e_da_pelve.htm