Pneumonia

Por Thais Pacievitch
A pneumonia é uma infecção nos alvéolos pulmonares, local onde acontecem as trocas gasosas. A doença faz com que os alvéolos se enchem de muco, pus, e outros líquidos, que comprometem o funcionamento dos pulmões. Os agentes causadores da pneumonia podem ser bactérias, vírus, fungos entre outros.

A grande maioria dos casos de pneumonia é causada pela bactéria Streptococcus pneumoniae, conhecida vulgarmente como Pneumococo.

A pneumonia atinge pessoas de todas as idades, mas é mais perigosa para as crianças e para os idosos, podendo ser fatal.

Os sintomas da pneumonia podem ser confundidos inicialmente com os sintomas dos resfriados e gripes, porém com maior intensidade. Seguem-se: febre, falta de apetite, dor de cabeça, suor intenso, calafrios e tremores, prostração, dor no tórax, tosse com expectoração (catarro) esverdeado ou amarelado, dor de garganta, respiração ofegante e gemência.

O diagnóstico da doença é feito normalmente através de raio-X do tórax e/ou do exame do escarro, para identificar o agente causador e indicar o tratamento correto.

As pneumonias causadas por bactérias são tratadas com o uso de antibióticos. Os primeiros sinais de melhora dos sintomas do paciente devem acontecer entre 48 e 72 horas. Em casos de pacientes previamente saudáveis, o médico costuma optar pelo tratamento em casa. A ingestão de líquidos é muito importante para evitar a desidratação e favorecer a expectoração.

A avaliação do médico pode ser favorável à internação, em casos mais graves, inclusive em UTI (Unidade de Terapia Intensiva). Além disso, pode ser feita fisioterapia respiratória, como a tapotagem, entre outras.
Já as pneumonias causadas por vírus são tratadas como as gripes, dando-se apenas o suporte para que o organismo reaja e ministrando medicamentos para diminuir a febre e dor. O cuidado com a alimentação e a ingestão de líquidos é muito importante.

Nos casos de pneumonias causadas por fungos ou parasitas, são utilizados medicamentos antimicrobianos.

Já existem vacinas disponíveis para alguns tipos de pneumonia, inclusive a de maior incidência, causada pela bactéria do pneumococo. Essa vacina deve ser aplicada todos os anos nos idosos acima de 65 anos e em pessoas que tenham seu organismo debilitado por algumas doenças, como por exemplo, AIDS e doenças renais.

AVISO LEGAL: As informações disponibilizadas nesta página devem apenas ser utilizadas para fins informacionais, não podendo, jamais, serem utilizadas em substituição a um diagnóstico médico por um profissional habilitado. Os autores deste site se eximem de qualquer responsabilidade legal advinda da má utilização das informações aqui publicadas.