Zona da Mata

Por Thais Pacievitch
É conhecida como Zona da Mata a faixa litorânea da região nordeste do Brasil, paralela ao Oceano Atlântico, que se estende do Rio grande do Norte até a Bahia, passando pelos estados da Paraíba, Pernambuco, Alagoas e Sergipe. A faixa que corresponde a Zona da Mata tem entre 100 e 200 km de largura, da costa até o Planalto da Borborema.

Das quatro sub-regiões do Nordeste – Zona da Mata, Agreste, Sertão e Meio-Norte - a Zona da Mata é mais urbanizada, povoada e industrializada. A região é onde se concentra a maior parte da população e o maior número de indústrias do Nordeste, com destaque para o Pólo Petroquímico de Camaçari.

A região foi a porta de entrada para a colonização européia, iniciada no século XVI. É chamada de “Zona da Mata” por que, originalmente, era coberta pela Mata Atlântica, que atualmente está quase extinta na região. O solo fértil vem sendo explorado desde a colonização. A média de temperatura é elevada. O clima na região é tropical úmido.

O desenvolvimento da Zona da Mata é marcada pela grande concentração de renda e de poder nas mãos dos latifundiários (usineiros, senhores de engenho). A economia da Zona da Mata pode ser classificada em três núcleos:

  • Sul da Bahia – predomina o cultivo do cacau, em grandes propriedades monoculturais. As principais cidades são Itabuna e Ilhéus.
  • Recôncavo Baiano - extração de petróleo e indústrias petroquímicas. A principal cidade é Salvador.
  • Litoral Açucareiro – a principal atividade é a produção de cana-de-açúcar em grandes propriedades (engenhos e usinas). A principal cidade é Recife, mas o litoral açucareiro estende-se do Rio Grande do Norte à Bahia, com maior ênfase nos estados de Pernambuco, Paraíba e Alagoas.

Em toda a região, belas praias atraem turistas, tanto do Brasil quanto do exterior, tornando o turismo uma importante fonte de atividade. No entanto, o maior desenvolvimento da Zona da Mata em detrimento das demais regiões do Nordeste, resulta na migração do interior (sobretudo do Sertão) para os grandes centros, em busca de melhores condições de trabalho, o que na maioria das vezes não acontece.

Referências:
REGIÃO NORDESTE. Disponível em: <http://www.brasilrepublica.com/nordeste.htm> Acesso em 07 jul. 2010.
O NORDESTE. Disponível em: <http://orbita.starmedia.com/geoplanetbr/nordeste.html> Acesso em 07 jul. 2010.