Sílaba

Especialista em Planejamento, Implementação e Gestão da Educação a Distância (UFF)
Graduação em Letras (Fundação Comunitária de Ensino Superior de Itabira, FUNCESI)

De acordo com Cunha e Cintra (2008, p.66), dá-se a nomeação de sílaba a cada vogal ou grupo de sons pronunciados numa só expiração, isto é, em uma única emissão de voz. Não pronunciamos cada letra isoladamente e, sim, um grupo de fonemas que constitui um todo fonético. As sílabas podem vir representadas por uma vogal, um ditongo (encontro de duas vogais) ou um tritongo (junção de três vogais), acompanhados ou não de consoantes:

  • céu (consoante + ditongo)
  • uai! (interjeição genuína do dialeto mineiro, formada por um tritongo)

As sílabas são abertas, quando finalizam com uma vogal, acentuada ou não (“jacarandá”, “boi”). São fechadas ao se encerrarem com uma consoante (“lucrar”, “prejudiquem”). No tocante ao número de sílabas, as palavras são denominadas:

  1. Monossílaba - apresenta apenas uma sílaba. As monossílabas se fazem presentes, em situações do cotidiano, nos momentos em que os indivíduos respondem a determinadas indagações sem especificações, as chamadas “respostas monossilábicas”: “Sim”, “Não”, “É”.Observe este interessante poema de Cassiano Ricardo, composto somente de monossílaba:Campanário de S. José

    Quem
    não
    tem
    seu
    bem
    que
    não
    vem?
    Ou
    vem
    mas
    em
    vão?
    Quem?

  2. Dissílaba - apresenta duas sílabas: pa-pel, so-nho, á-guia, lu-a, pre-go
  3. Trissílaba - apresenta três sílabas: a-quá-rio, con-fu-são, sí-la-ba, vi-dra-ça, a-po-geu
  4. Polissílaba - apresenta quatro ou mais sílabas: en-sur-de-ce-dor, pri-ma-ve-ra, am-bi-en-te, re-tân-gu-lo, com-pro-me-ti-men-to

Em função da sílaba tônica (aquela que dá o “tom”, isto é, pronunciada mais fortemente), as palavras podem ser classificadas em:

  1. Oxítona - quando a sílaba tônica é a última: herói, acara, guara, mulher, fuzil.Vale endossar que, de acordo com a Nova Ortografia, não se deve colocar mais o acento nas palavras finalizadas em “êem” e “ôo”:Exemplos: leem, coroo
  2. Paroxítona - quando a sílaba tônica é a penúltima: Um exemplo de paroxítona é a palavra “rubrica”, cuja pronúncia desperta dúvidas constantemente. Cabe esclarecer que a sílaba “bri” deve ser dita com mais intensidade. Por isso, inexiste o sinal agudo na sílaba “ru”.Outros exemplos: cater, inevel, incil, indiscreto, car. É imprescindível destacar que, em consonância com a Nova Ortografia, não se acentua mais nas palavras paroxítonas:
    • ditongos abertos “éi” e “ói”: panaceia, joia
    • “i” e “u” tônicos, quando vierem após um ditongo: baiuca, feiura
  3. Proparoxítona - quando a sílaba tônica é a antepenúltima: índole, trautico, potica, cimo, álgebra

Cumpre-se enfatizar que todas as palavras proparoxítonas são acentuadas.

É pertinente elucidar que uma mesma palavra pode ser classificada em categoria diferente, por meio de um acento que realiza a distinção. Visualize:

  • Apesar dos esclarecimentos, as vidas permaneceram. (substantivo - palavra proparoxítona)
  • Duvido que ele venha aqui ainda hoje. (verbo - palavra paroxítona)

Para encerrar: As sílabas designam a sequência de fonemas pronunciada de uma só vez. No que tange ao número de sílabas, dividem-se, conforme sugerem os prefixos, em: monossílaba, dissílaba, trissílaba e polissílaba. Com relação à posição da sílaba tônica, a que é pronunciada mais acentuadamente, as palavras podem ser classificadas em: oxítona, paroxítona e proparoxítona.

Referências:
Luís F. Lindley. Sílaba. In: ___ Nova gramática do português contemporâneo. 5.ed. Rio de Janeiro: Lexikon, 2008, p.66-75.

RICARDO, Cassiano. Campanário de S. José. Disponível em: < http://www.algumapoesia.com.br/poesia3/poesianet295.htm>. Acesso em: 21 de dezembro de 2015.

TUFANO, Douglas. Mudanças nas regras de acentuação. In: ___ Guia Prático da Nova Ortografia: saiba o que mudou na ortografia brasileira. São Paulo: Melhoramentos Ltda, 2008, p.8-13.

Arquivado em: Linguística