Lontra

Por Thais Pacievitch
A lontra (Lutra lutra) é um mamífero quadrúpede pertencente à família Mustelidae e à ordem Carnívora. É um animal encontrado quase no mundo inteiro, existem 13 espécies diferentes, quatro das quais na América do Sul. Estes mamíferos normalmente dormem nas margens dos rios durante o dia e caçam na água e em terra firme durante a noite, possuem pelagem impermeável e densa, isto lhes permite manter a temperatura corporal.

Lontras. Foto: Ed Bowlby, NOAA research co-ordinator [Public domain], via Wikimedia Commons

Lontras. Foto: Ed Bowlby, NOAA research co-ordinator [Public domain], via Wikimedia Commons

São ótimas nadadoras graças ao formato hidrodinâmico do seu corpo. Para nadar executam um gracioso movimento com as patas e a cauda (seu principal meio de propulsão) que são deslocadas para cima e para baixo, deslocando-se na água velocidade de até 12 km/h. Quando nadam lentamente, e só então, é que utilizam as patas dianteiras para nadar. Podem ficar submergidas por até 6 minutos.

Trata-se de animais espertos capazes de utilizar pedras para romper as conchas dos moluscos, ou seja, além dos primatas, são os únicos animais capazes de utilizar algum tipo de “ferramenta”. Constrói sua toca embaixo da água (numa profundidade de até 1 m) utilizando galhos de diversos tamanhos. Além da toca, a lontra constrói um sistema de galerias com diversas entradas localizadas embaixo e acima do nível da água.

A lontra costuma alimentar-se de crustáceos, peixes, anfíbios, répteis e, em alguns casos, até de pequenos mamíferos e aves. Seu comprimento pode chegar a 1,30 m (incluindo a cauda), seu peso oscila entre 5 e 14 kg e o macho é maior do que a fêmea. A longevidade deste animal é de até 25 anos quando criado em cativeiro, na natureza, vivem, em média, 15 anos.

A dentição da lontra tem 36 dentes, sendo que possuem 6 incisivos na mandíbula superior e 6 na mandíbula inferior. Nas patas têm 5 dedos com unhas e uma membrana interdigital que ajuda o animal a se locomover dentro da água.

As lontras atingem a maturidade sexual com dois anos de idade, depois de uma gestação de 2 meses, nascem até 6 filhotes, que são desdentados, cegos e nascem com peso de 120 a 160g. O período de lactação é de 2 meses e os filhotes vivem com a mãe durante o primeiro ano de vida, depois disso, buscam o seu próprio espaço. Os machos desta espécie de vivem sós e só se aproximam das fêmeas durante o período de acasalamento.

A lontra está ameaçada de extinção graças à destruição do seu habitat, à poluição das águas e à caça, visto que sua pele é valiosa e muito procurada para a confecção de casacos ou para enfeitar chapéus.

Foto: Ed Bowlby, NOAA research co-ordinator [Public domain], via Wikimedia Commons