Repolho

Por Marina Martinez
O repolho é uma planta herbácea, bienal, de pequeno porte, do gênero Brassica e pertencente à família Brassicaceae, da qual estão inclusas milhares de espécies, entre elas vários vegetais crucíferos como a couve, o brócolis e a couve-flor. Cultivado há milhares de anos, desde cerca de dois mil anos antes de Cristo, o repolho é uma hortaliça de cabeça conhecida por conter diversos nutrientes, principalmente vitamina C. Foi introduzido nas Américas pelos conquistadores europeus e seu cultivo se estabeleceu no Brasil com os imigrantes alemães na região Sul do país. Desde então, o repolho é apreciado na culinária brasileira cru em saladas, como também cozido e refogado, por ser um alimento saboroso e cheio de nutrientes.

Reino: Plantae
Divisão: Magnaeoliophyta
Classe: Magnoliopsida
Ordem: Brassicales
Família: Brassicaceae
Gênero: Brassica
Espécie: Brassica oleracea

Além de ser uma excelente fonte de vitamina C, o repolho também contém vitamina A, B1, B2, B6, K, ácido fólico, fibras, e minerais como o cálcio, fósforo e enxofre. Está presente também no repolho, quantidades significativas de glutamina e polifenóis, o que contribui para que o repolho seja um alimento com propriedades antiinflamatórias. Assim como outros vegetais crucíferos, no repolho há também substâncias antioxidantes capazes de reduzir os riscos de se adquirir diversos tipos de câncer.

Podemos descrever o repolho como sendo uma hortaliça de formato arredondado, composta por várias camadas de folhas que podem ser enrugadas ou lisas, e que juntas formam uma cabeça. Essa cabeça pode ser encontrada na natureza em uma variedade de cores como o branco, o verde, o amarelo e o roxo, sendo o repolho branco e verde as cultivares de maior aceitação no mercado brasileiro.

O repolho pode ser perfeitamente cultivado durante todo o ano, porém prefere clima fresco e úmido. Se desenvolve bem em solos argilo-silicosos, que sejam bem drenados, ricos em matéria orgânica e cujo pH esteja em torno de 5,5 a 7,0. É produzido em todos os estados brasileiros, com destaque para a região Sudeste e Sul. No mundo, os maiores produtores de repolho são a China, Índia e Rússia.

Como qualquer planta, o repolho também está susceptível aos ataques de várias pragas agrícolas e doenças. Dentre as pragas mais comuns que atacam os repolhos podemos destacar a Largata da couve (Pieris rapae, Tricholousia ni e Plutella xylostella), a Rosca (Mamestra brassicaceae) e a Mosca da couve (Delia radicum). O controle destas pragas é comumente feito através da utilização de inseticidas como o diazinon, o carbofuran e o malathion.

Já as doenças podem ser causadas por certos fungos, como o Phoma lingam, Fusarium oxysporum e Fusarium conglutinans, por bactérias, como a Xanthomonas campestirs, que causa a podridão negra, e também por alguns tipos de vírus. Para combater estas doenças é utilizado nas plantas produtos como o captan e ziran.

Fontes:
http://pt.wikipedia.org/wiki/Repolho
http://globoruraltv.globo.com/GRural/0,27062,LTP0-4373-0-L-R,00.html
http://www.nestle.com.br/site/cozinha/enciclopedia/ingredientes/repolho/introducao.aspx