Cicadófitas (Filo Cycadophyta)

Cicadófita. Foto: Stephen Farhall / Shutterstock.com

Cicadófita. Foto: Stephen Farhall / Shutterstock.com

As cicas (cicadófita) são plantas que se assemelham com as palmeiras e apresentam folhas coriáceas.

Habitam principalmente regiões tropicais e subtropicais.
Este grupo abriga cerca de 140 espécies, agrupadas em 11 gêneros. Muitas espécies são utilizadas para ornamentação. A maioria é arvores alta e com tronco bem desenvolvido.

Morfologia

As cicadófitas se assemelham com as palmeiras, pois suas folhas se concentram principalmente no ápice do caule. O tronco é grosso e macio, composto por uma grande massa de medula.

Nas cicadófitas podemos encontrar três tipos de raízes. Algumas espécies, principalmente quando jovens, possuem raízes especializadas em proteger contra incêndios. Estas raízes são chamadas contráteis. Algumas raízes fazem simbiose com cianofíceas fixadoras de nitrogênio e são chamadas de raízes coralóides devido sua coloração avermelhada. As raízes que têm apenas a função de fixar a planta no solo são chamadas de raízes normais.

Reprodução

As estruturas reprodutoras estão agrupadas em estruturas semelhantes a estróbilos, no ápice da planta.

As cicadófitas são dióicas. Os esporângios masculinos se localizam na face inferior dos microsporófilos e liberam os grãos de pólen através de fendas. Os gametas masculinos são multiflagelados.

Foto: Warren Price Photography / Shutterstock.com

Foto: Warren Price Photography / Shutterstock.com

Os megasporófilos femininos localizam-se no ápice da planta e suas folhas férteis se organizam em forma de roseta. São portadores de sementes com uma face externa carnuda e colorida.

Quando o grão de pólen forma o tubo polínico, parte do nucelo é destruída. A parte basal do gametófito masculino libera os anterozóides. O embrião formado possui dois cotilédones.

Classificação

As cicadófitas possuem três famílias:

  • Cycadaceae
  • Zamiaceae
  • Stangeriaceae

Importância

Estas plantas normalmente são tóxicas, produtoras de neurotoxinas e substâncias que causam câncer.

A coloração viva das sementes chama a atenção de animais que ajudam na dispersão. Algumas espécies associam-se com cianobactérias fixadoras de nitrogênio.