Infecção oportunista

Graduação em Biologia (CUFSA, 2010)
Especialização/MBA em Análises Clínicas (Uninove, 2012)

Uma infecção oportunista é causada por agentes patogênicos que desencadeiam uma doença no corpo, devido a uma debilidade do sistema imunológico. Nosso sistema é composto por células e moléculas especializadas em combater os agentes patogênicos.

A probabilidade de desenvolver determinada infecção depende do risco de exposição a patógenos potenciais, a virulência dos patógenos e o nível de imunossupressão do paciente.

Essas infecções não costumam ocorrer em indivíduos com a imunidade preservada. Por isso são chamadas de oportunistas, pois aproveitam a debilidade dos organismos para gerar a doença.

Essas infecções ocorrem em pessoas imunocomprometidas como é o caso de pessoas infectadas com o vírus da AIDS, que infecta e destrói as células de defesa do organismo.

A maior causa de morte em pacientes com AIDS tem sido por doenças oportunistas, que surgem como consequência da severa imunodeficiência característica da infecção pelo HIV.

Quando o assunto é infecção oportunista, a AIDS é citada como um dos maiores fatores causais, isso se não for o principal fator, por isso esses pacientes precisam seguir as recomendações medicas à risca.

Outras condições que afetam o sistema imunológico e predispõe a infecções oportunistas são pessoas submetidas a tratamento oncológico, indivíduos transplantados e crianças e idosos, que possuem a imunidade mais fragilizada e são mais susceptíveis as doenças.

Alguns casos podem ocorrer por microrganismos presentes na flora natural do corpo, que conseguem se espalhar para outra região e causam doença.

Como foi possível notar, as infecções oportunistas estão associadas a fragilidades no sistema imunológico e algumas doenças autoimunes também podem debilitar o sistema imune e aumentar a predisposição as doenças como é o caso do lúpus e da esclerose múltipla.

Algumas das doenças que são oportunistas estão relacionadas abaixo:

Herpes Zoster

O vírus do herpes possui a característica de permanecer incubado ou latente nas terminações nervosas do indivíduo infectado e pode ser reativado. No caso do Herpes zoster (HZ), ele é causado pela reativação do vírus da varicela e causa doença conhecida como cobreiro. A recomendação para as pessoas infectadas é de manter a imunidade alta, pois as lesões causadas pelo herpes são recorrentes, principalmente quando ocorrem baixas da imunidade.

Pneumonia

A pneumonia é uma doença respiratória que pode ser causada por alguns tipos de microrganismos como vírus e protozoários, no entanto, a maioria dos casos é por infecção bacteriana. Trata-se de uma doença grave, mas pode ser tratada com eficiência e prevenida, sendo a melhor forma de fazê-lo é a vacinação que contém as principais bactérias responsáveis pela infecção e a vacinação contra a gripe.

As infecções em pacientes imunodeprimidos, principalmente em pacientes HIV positivos, no entanto são uma condição grave que resulta em altas taxas de morbidade e mortalidade.

Tuberculose

A tuberculose (TB) é uma doença infecciosa causada pela bactéria Mycobacterium tuberculosis, o bacilo de Koch, e que afeta mais comumente os pulmões. A doença normalmente é adquirida através da inalação do bacilo.

A TB é um bom exemplo do equilíbrio entre o hospedeiro e o agente infeccioso. Se a imunidade está preservada, os agentes são combatidos e eliminados, porém, quando falhas no sistema acontecem, a doença é manifestada e a TB é uma das principais infecções oportunistas relacionadas com a AIDS.

Candidíase

Trata-se de uma infecção fúngica causada por leveduras do gênero Candida. A candidíase é uma infecção muito comum em mulheres, especialmente nas que apresentam algum problema na imunidade ou o uso contínuo de antibióticos, que podem inibir a flora bacteriana normal e levar a infecções fúngicas oportunistas.

Fontes:

https://www.drakeillafreitas.com.br/o-que-sao-infeccoes-oportunistas/

https://www.posestacio.com.br/as-infeccoes-oportunistas/noticia/604

http://bvsms2.saude.gov.br/cgi-bin/multites/mtwdk.exe?k=default&l=60&w=4678&n=1&s=5&t=2

http://www.iqg.com.br/pbsp/img_up/01358862375.pdf

http://www.cesumar.br/prppge/pesquisa/epcc2013/oit_mostra/Maria_Isabel_Guilhem_Santos.pdf

AVISO LEGAL: As informações disponibilizadas nesta página devem apenas ser utilizadas para fins informacionais, não podendo, jamais, serem utilizadas em substituição a um diagnóstico médico por um profissional habilitado. Os autores deste site se eximem de qualquer responsabilidade legal advinda da má utilização das informações aqui publicadas.

Arquivado em: Doenças, Saúde