Questões da prova UFRGS 2020

Selecionamos as questões mais relevantes da prova de vestibular UFRGS 2020. Confira!
* Obs.: a ordem e número das questões aqui não são iguais às da prova original.

Questão 31:

Considere as seguintes afirmações sobre os romances abaixo.

I - A personagem Bertoleza, de O cortiço, representa um entrave às ambições de João Romão de ascender socialmente, razão pela qual ele planeja devolvê-la ao seu antigo senhor, na condição de escrava que era.

II - Euclides da Cunha narra, em “A luta”, terceira parte de Os sertões, as formas de organização e as estratégias de combate dos sertanejos, liderados por Antonio Conselheiro, que derrotam o Exército Republicano.

III - O personagem Ricardo Coração dos Outros, em Triste fim de Policarpo Quaresma, de Lima Barreto, é um músico popular, que goza da estima da mais alta sociedade carioca, por ser a expressão característica da alma nacional.

Quais estão corretas?


Questão 32:

Leia as seguintes afirmações sobre os sonetos “Horas rubras” e “Suavidade”, de Florbela Espanca.

I - Em ambos os sonetos, o sujeito lírico discute o fazer poético, ao lado da temática amorosa.

II - Em “Horas rubras”, o sujeito lírico fala do amor sensual.

III - Em “Suavidade”, o sujeito lírico fala do amor fraternal.

Quais estão corretas?


Questão 33:

No bloco superior abaixo, estão listados movimentos literários brasileiros; no inferior, características desses movimentos.

Associe adequadamente o bloco inferior ao superior.

1. Barroco

2. Romantismo

3. Modernismo

( ) Utiliza manifestos como grande meio de divulgação das intenções estéticas e ideológicas.

( ) Caracteriza-se como retorno a uma intensa religiosidade.

( ) Procura configurar os dilemas e as contradições do ser humano.

( ) Busca a identidade nacional como temática, mantendo a forma conforme o padrão europeu.

A sequência correta de preenchimento dos parênteses, de cima para baixo, é


Questão 34:

Considere o poema abaixo, de Oswald de Andrade, do livro Pau-Brasil, de 1925.

Assinale com V (verdadeiro) ou F (falso) as seguintes afirmações sobre o poema.

( ) Insere-se no contexto do primitivismo das vanguardas do Modernismo brasileiro, remetendo particularmente às propostas do Manifesto Pau-Brasil, de Oswald de Andrade.

( ) Constrói imagens incompatíveis com os ideais de progresso e civilização, trazidos pelas vanguardas europeias, inspiradoras do Modernismo brasileiro.

( ) Reforça os elementos naturais da paisagem, remetendo à “cor local”, tal como o nacionalismo presente em José de Alencar e Gonçalves Dias.

( ) Descreve a exuberância da natureza tropical, apropriando-se de maneira paródica dos discursos dos primeiros cronistas, que alardeavam as belezas naturais das terras recém-descobertas.

A sequência correta de preenchimento dos parênteses, de cima para baixo, é


Questão 35:

Sobre a obra São Bernardo, de Graciliano Ramos, assinale a alternativa correta a respeito do romance.


Questão 36:

Considere as afirmações abaixo, sobre o romance São Bernardo, de Graciliano Ramos.

I - A obra está integrada à Geração de 30, momento do Modernismo brasileiro voltado sobretudo para a representação das contradições entre o processo de modernização e o atraso das estruturas patriarcais da sociedade brasileira.

II - As tensões psicológicas do narrador e personagem Paulo Honório conferem uma carga intimista que enfraquece as pressões da natureza e do meio social sobre as ações do romance.

III - As tensões psicológicas e a problematização do processo de escrita caracterizam a obra, que, assim, ultrapassa os limites do regionalismo, afeito ao descritivismo da paisagem local.

Quais estão corretas?


Questão 37:

Um tema em Quarto de despejo, de Carolina Maria de Jesus, é encontrado também no poema “O bicho”, de Manuel Bandeira, transcrito a seguir.

Assinale a alternativa que identifica esse tema recorrente nas duas obras.


Questão 38:

Leia os fragmentos abaixo de Quarto de despejo, de Carolina Maria de Jesus.

Quando eu fui catar papel encontrei um preto. Estava rasgado e sujo que dava pena. Nos seus trajes rôtos êle podia representar-se como diretor do sindicato dos miseráveis.

2 de maio de 1958 […] Passei o dia catando papel. A noite meus pés doíam tanto que eu não podia andar.

14 de junho … Está chovendo. Eu não posso ir catar papel. O dia que chove eu sou mendiga.

3 de maio ... Fui na feira da Rua Carlos de Campos, catar qualquer coisa.

Depois fui catar lenha. Parece que vim ao mundo predestinada a catar. Só não cato a felicidade.

Considere as seguintes afirmações sobre a ação de “catar”.

I - Relaciona-se ao título da obra, uma vez que Quarto de despejo serve de metáfora à situação da própria personagem, que vive na favela como um objeto descartado.

II - Associa-se à atividade da escritora, que recolhe da experiência de viver do lixo a própria matéria para a sua criação literária.

III - Refere-se à descoberta dos diários de Carolina pelo jornalista Audálio Dantas, graças ao qual ela se torna uma escritora de grande sucesso editorial, condição que lhe garante sustentabilidade financeira e saída definitiva da miséria.

Quais estão corretas?


Questão 39:

Leia o fragmento da canção Funeral de um lavrador, feita por Chico Buarque de Holanda, em 1968, a partir da obra Morte e vida Severina (Auto de Natal pernambucano), de João Cabral de Melo Neto.

Considere as afirmações abaixo, sobre o fragmento.

I - O tema da reforma agrária, recuperado por Chico Buarque de Holanda, também está presente no Auto de João Cabral de Melo Neto.

II - A magreza do lavrador faz a cova parecer um latifúndio.

III - A morte, para o lavrador pobre, parece ser mais vantajosa do que a miséria em vida.

Quais estão corretas?


Questão 40:

No bloco superior abaixo, estão listadas personagens do romance As meninas, de Lygia Fagundes Telles; no inferior, características dessas personagens.

Associe adequadamente o bloco inferior ao superior.

1. Lorena Vaz Leme

2. Lia de Melo Shultz

3. Ana Clara Conceição

( ) É modelo, viciada em drogas, e divide-se entre o noivo rico e o amante traficante.

( ) Envolve-se na militância política contra a ditadura e presencia a prisão de seu namorado.

( ) É culta, vive trancada em seu quarto-concha, possui um passado trágico, relacionado à morte do irmão e à loucura do pai.

( ) É filha de mãe baiana, vai para São Paulo estudar Ciências Sociais, fugindo do passado sombrio do pai, um ex-militar nazista.

A sequência correta, de preenchimento dos parênteses, de cima para baixo, é


Páginas: 1 2 3 [4] 5 6 7 8 9 10 11 12 13 14 15 16 17 18 19 20 21 22