Transformação das paisagens naturais pelo homem

Sempre abrir.

Na busca por um maior conforto, progresso ou simples vantagem econômica, o ser humano acaba por realocar os recursos naturais, mudando as configurações do ambiente em que vive. Isso se dá através de atividades como o corte de árvores, o tratamento do solo, criação de animais domésticos, a construção de edifícios, estradas asfaltadas, perfuração de montanhas para a abertura de minas ou túneis, ou ainda o lançamento de resíduos orgânicos e industriais no ar, rios e mares. Com essas e outras modificações, temos a paisagem geográfica que nos rodeia, misto de elementos naturais e processados.

Cientificamente, podemos conceituar o termo paisagem como resultado da combinação, em um dado território, de elementos físicos, biológicos e humanos que constituem sua unidade orgânica e se encontram estreitamente relacionados. Ou seja, é uma convivência harmônica entre humanos e elementos vivos e não-vivos, onde todos têm a possibilidade de viver normalmente.

Podemos ainda considerar o termo paisagem sob dois aspectos, o natural e cultural. Consideramos paisagem natural aquela onde não houve ação modificadora do homem, ou seja, esta conserva suas bases geológicas (geognóstica) e climáticas (vegetacional). Já a paisagem cultural é aquela modelada por meio de um grupo cultural, onde a cultura é o agente, a área natural é o meio e a paisagem cultural é o resultado.

Na antiguidade, a relação entre elementos físicos e humanos da paisagem foi notada pela primeira vez nos tratados de Estrabão e dos geógrafos da escola de Alexandria. No começo do século XIX, Carl Ritter estabeleceu a inter-relação entre a atividade do homem e o meio natural, o que deu origem à geografia humana. Surge pouco depois a escola alemã, que desenvolveu uma concepção determinista da geografia, pela qual o meio é responsável pela atividade e cultura humanas. Como contraponto, na França, temos a escola possibilista, representada por Paul Vidal de La Blache, que defende a influência do homem no meio, ao longo da evolução histórica e segundo seus próprios interesses.

No fim do século XIX, William Morris Davis define as paisagens morfológicas conforme seus processos de formação, o que leva os geógrafos a desenvolver os conceitos de paisagem natural, humanizada e geográfica global.

Hoje, a evolução de tais conceitos nos leva a entender que todos os elementos interagem: o relevo afeta o clima, que influi nas formas de vegetação, cuja maior ou menor densidade favorece ou dificulta a erosão etc. Esta relação leva a um equilíbrio dinâmico e instável, em constante transformação.

Atualmente, quase todas as paisagens da Terra, salvo as polares, os altos cumes das cordilheiras, as matas virgens e o interior dos desertos, apresentam influência humana ou cultural em maior ou menor medida. As paisagens em que a ação do homem não se impôs são predominantemente naturais e de escasso valor econômico.

O grau mais alto de transformação da paisagem ocorre na cidade, onde esta é quase absoluta. Já as paisagens rurais são qualificadas pelos usos agrícolas, pecuários e florestais do território, assim como outros fatores de caráter econômico (estradas, ferrovias, minas e indústrias).

Leia também:

Exercícios e questões de vestibulares

Questão 01: (UFPB 2008)

A erosão, o desmatamento e as queimadas são fatores recorrentes de transformação da paisagem em função do uso do solo como recurso fundamental para as práticas de atividades humanas. Esses fatores são agentes causadores de impactos ambientais na agricultura de grande escala de produção. Nesse sentido, relacione os agentes citados na coluna da esquerda aos seus respectivos impactos ambientais descritos na coluna da direita:

(1)
(2)
(3)
(4)
(5)
Contaminação por agrotóxico
Desmatamento
Desertificação
Queimadas
Erosão
(  ) Perda da camada super­ficial da litos­fera, atra­vés da ação da água, do vento, do gelo etc.
(  ) Extinção e redução da biodiversidade, asso­reamento do leito dos rios, extinção da fauna local.
(  ) Aumento do nível de CO2 (dióxido de car­bono) na atmosfera e aquecimento global.
(  ) Degradação das ter­ras áridas, semi-ári­das e subúmidas, secas re­sultantes de diversos fatores, como as varia­ções climáticas e as ativi­dades humanas.

A sequência correta é:

Veja a resposta desta e mais outras questões!
Questões sobre a Transformação das paisagens naturais - Exercícios
Arquivado em: Geografia