Éon Arqueano

Doutorado em Geociências (USP, 2015)
Mestrado em Geologia Sedimentar (UNISINOS, 2008)
Graduação em Ciências Biológicas (UNISINOS, 2006)

O Éon Arqueano é o período correspondente a ~ 4 até 2.5 bilhões de anos. Este éon faz parte do Super Éon Pré-Cambriano, que é dividido em 3 éons: o Hadeano (~4.6 - 4 b.a.), o Arqueano (4 - 2.5 b.a.), e o Proterozóico (2.5 b.a. - 541 m.a.).

Figura 1. Escala geocronológica do Éon Arqueano. Ilustração: alinabel / Shutterstock.com

A Terra se tornou um planeta diferenciado a partir desse éon, onde os sistemas do geodínamo, da tectônica de placas e do clima foram estabelecidos. Os fósseis mais antigos da Terra datam desse éon, e são representados por organismos procariontes, ou seja, organismos unicelulares primitivos. As cianobactérias, que representavam esses organismos, formavam “tapetes” que ficaram preservados até hoje. São os estromatólitos. Os estromatólitos com registro mais antigo datam 3.5 b.a.

O Arqueano está dividido em 4 eras: o Eoarqueano (3.85 - 3.6 b.a.); o Paleoarqueano (3.6 - 3.2 b.a.), quando surgiram os primeiros continentes, como o Vaalbara, que se formou no final desta era; o Mesoarqueano (3.2 - 2.8 b.a.), quando os estromatólitos proliferavam na Terra e o supercontinente Vaalbara começou a se partir ao final desta era; e o Neoarqueano (2.8 - 2.5 b.a.), quando a tectônica de placas pode ter sido bastante similar à atual, com existência de água predominantemente líquida e bacias oceânicas profundas, originando formações ferríferas bandadas, entre outros depósitos.

Referências:

1. TEIXEIRA, W.; FAIRCHILD, T.; TOLEDO, M.C.M. & TAIOLI, F. (2007). Decifrando a Terra. 2ª edição, São Paulo, SP; Companhia Editora Nacional, 623p.
2. PRESS, F.; SIEVER, R.; GROTZINGER, J. e JORDAN, T.H. (2013). Para entender a Terra. Tradução R. Menegat (coord.), 6ª edição, Porto Alegre, RS; Bookman, 656p.

3.http://www.cprm.gov.br/publique/Redes-Institucionais/Rede-de-Bibliotecas---Rede-Ametista/Canal Escola/Breve-Historia-da-Terra-1094.html

4. http://www.scotese.com/climate.htm

Arquivado em: Geologia