Mananciais

Os mananciais são todas as fontes de água, as quais podem ser superficiais ou subterrâneas, e tem uma grande importância, pois podem ser muito utilizadas no processo de abastecimento público. Incluem diversas fontes de água, como os lagos, rios, represas, entre outros. Assim como todas as fontes naturais, os mananciais também necessitam de cuidados especiais, e esses cuidados são garantidos nas leis de proteção aos mananciais.

Foto: Don Pablo / Shutterstock.com

Foto: Don Pablo / Shutterstock.com

O principal ponto é evitar a poluição das águas dos mananciais, aplicando punições aos poluidores. O rápido crescimento das cidades fez com que as águas fossem ficando poluídas, pois a população se descuidou cada vez mais, e poucas atitudes são tomadas quanto a isso. Na cidade de São Paulo, podemos constatar isso, como nos casos dos rios mais conhecidos (Tietê, Pinheiros e Tamanduateí), que estão visivelmente poluídos com lixos que são jogados diariamente nas suas águas.

O rio Tietê, por exemplo, encontra-se poluído há mais de 100 anos, e seria um importante manancial para a população. O tratamento adequado do esgoto seria um forte aliado na despoluição dos rios da capital, que são muito importantes para a nossa sobrevivência e para a economia.

Alguns exemplos de reservatórios que se encontram em situações de risco:

  • Represa de Guarapiranga (São Paulo – SP);
  • Rio Guandu (Rio de Janeiro – RJ);
  • Bacia do Rio Piracicaba (interior do estado de São Paulo).

No caso da Represa de Guarapiranga, esta encontra-se poluída devido aos loteamentos irregulares e a construção de favelas. O número de habitantes na região da represa aumenta cada vez mais. Com a poluição das águas, o custo de tratamento aumenta significativamente, causando diversos prejuízos a população.

Fonte: http://www.tutomania.com.br/saiba-mais/o-que-sao-mananciais

Arquivado em: Hidrografia