Região da Micronésia

O termo Micronésia está ligado a dois conceitos, um geográfico e outro antropológico. Como conceito geográfico, o nome é empregado como referência a uma das três grandes regiões da Oceania, localizada a oeste do Pacífico, entre a Melanésia ao sul, e a Polinésia a sudeste.

Esta região consiste de muitas centenas de pequenas ilhas espalhadas por uma vasta região do Pacífico ocidental. O termo "micronésia" foi proposto pela primeira vez para distinguir a região em 1831 por Jules Dumont d'Urville, que estabeleceu a divisão das ilhas do Pacífico nas três grandes áreas, como hoje conhecemos. De fato, Micronésia é a combinação de dois termos da língua grega, "mikros", que significa pequeno, e "nesos", o equivalente a ilha, formando assim "pequenas ilhas". Ao mesmo tempo, há um estado independente desde 1986 chamado Micronésia, dentro da mesma região, cujo nome é exatamente uma referência à área geográfica.

No âmbito antropológico, temos o povo micronésio, que forma muitas etnias e foi uma das últimas culturas nativas da Oceania a se desenvolver, a partir de uma mistura de melanésios, polinésios e filipinos. De fato, as várias culturas micronésias se identificam com um desses três povos que a formaram originalmente.

Politicamente, Micronésia é dividida em sete territórios:

Assim como no restante do Pacífico, grande parte da área caiu sob dominação européia bastante cedo. Guam, Marianas do Norte e Ilhas Carolinas foram colonizados pelos espanhóis logo a partir do século XVI. A intensidade da ação colonizadora viria somente no final do século XIX, quando a Micronésia seria dividida entre os Estados Unidos, Alemanha e o Império Britânico. Durante a Primeira Guerra Mundial, os territórios alemães no Pacífico foram apreendidos e tornaram-se mandatos da Liga das Nações em 1923. Nauru tornou-se um mandato australiano, enquanto outros territórios da Alemanha na Micronésia foram dados ao Japão e foram nomeados Mandato do Pacífico Sul. Após a derrota do Japão na Segunda Guerra Mundial, seu mandato foi abolido, e os territórios tornaram-se tutela das Nações Unidas, sob o nome de Território Fiduciário das Ilhas do Pacífico, governado pelos Estados Unidos.

Hoje, todos os povos da Micronésia (com exceção de Guam, Ilhas Mariana do Norte e ainda a ilha Wake, que são territórios dos EUA) são estados independentes desde as décadas de 80 e 90 do século passado. Apesar de todos estes povos utilizarem oficialmente a língua inglesa como oficial, ainda predomina no cotidiano dos povos locais as suas línguas comuns.

Bibliografia:
Micronesia (em inglês). Disponível em: <http://www.lizasreef.com/HOPE%20FOR%20THE%20OCEANS/micronesian_region.htm   >. Acesso em: 25 set. 2012.

Arquivado em: Oceania