Folhas das Plantas

As folhas das plantas apresentam uma diversidade de formas, cores, dimensões. Em determinadas épocas do ano as folhas se alteram, podendo mudar sua cor, forma e tamanho. Na Primavera, por exemplo, podemos observar o nascimento de várias folhas com diversas tonalidades verdes; já no Verão a quantidade de folhas presentes nos proporciona a sombra e no Outono observamos as folhas amareladas.

partes da folhaApresentam geralmente a cor esverdeada devido a presença de clorofila, item fundamental para a realização da fotossíntese, que garante o bom desempenho do ciclo de vida da planta. As folhas contêm três partes principais que são:

  • Limbo: considerada a parte principal da folha, é a parte laminar das folhas vasculares, na verdade o limbo seria a própria folha já que é toda a superfície ampla e achatada, o que facilita a captação de luz para a fotossíntese.
  • Pecíolo: existem algumas raras exceções de folhas que não possuem o pecíolo, porém é através dele que ocorre a ligação do caule à folha, e é também por meio dele que é possível a troca de seiva bruta e seiva elaborada entre caule e folhas.
  • Bainha: Tem a função de prender a folha ao caule; também existem folhas sem a bainha.

As folhas ainda podem ser simples ou compostas, sendo que nas simples o limbo forma apenas uma lamina, e nas compostas ele forma várias partes conhecidas como folíolos.

folhas simples e compostas

Funções das Folhas nos vegetais

Fotossíntese: É um processo celular no qual a maioria dos vegetais produz seu próprio alimento. A energia para a realização deste processo vem da luz solar. Para realizar a fotossíntese a maioria das plantas utiliza como reagente o gás carbônico e a água, pois assim produzem oxigênio e glicídios.

Transpiração: Este é o processo no qual a folha perde água na forma de vapor, para que haja o controle de temperatura, pois quando evaporada a água retira o calor da superfície da folha, fazendo assim com que se refresque.

Respiração: Assim como todos os outros seres vivos as folhas das plantas também necessitam de energia para crescer e repor as partes perdidas. Através da respiração a folha consegue realizar todas essas atividades, a folha é o principal órgão de respiração da planta devido a presença de estômatos. Os estômatos são formados por duas células, e servem para a troca gasosa, porém quando aberto ficam suscetíveis a perda de água, ou seja, os estômatos servem como via para controlar a entrada e saída de gases e água. Quando existe excesso de água na planta, o estômato se abre, e quando a quantidade está pequena ele se fecha, para evitar que a planta desidrate.

Fonte:
http://www.botanica.biouesb.com/?p=48
http://books.google.com.br/books?id=CBSM694l6HsC&pg=PA89&lpg=PA89&dq=bainha+botanica&source=bl&ots=G-EXh2M3zw&sig=F6BkWPHg6kABTpRxpe-IlY1ApN0&hl=pt-BR&sa=X&ei=AwU9UqvVO67H4AP1m4CICg&ved=0CFwQ6AEwCg#v=onepage&q=bainha%20botanica&f=false
Ilustração: http://angiospermbotanic.blogspot.com.br/2010/07/as-folhas-das-angiospermas.html