Orações coordenadas aditivas

Mestra em Letras e Linguística (UFG, 2016)
Licenciada em Letras-Português (UFG, 2009)

As Orações Coordenadas Sindéticas Aditivas são orações sequenciadas por Conjunções Coordenativas Aditivas estabelecendo uma ideia de soma, de adição, de acréscimo a uma informação trazida na oração antecedente. Veja os exemplos a seguir:

  • Gosto de viajar de carro e de moto.
  • André não apenas é rico, mas também muito gente boa.
  • O cachorro não gosta nem de ração cara.
  • Não só gastamos muito dinheiro como também perdemos nosso tempo.
  • Vi o Vagner como também o Joaquim.
  • Gosto do meu pai assim como / tanto como / bem como de minha mãe.
  • Não fazes mal a mim assim como a ti.

Exemplos de conjunções coordenativas aditivas

  • e
  • não só
  • mas também
  • não só... como também
  • não só... bem como
  • nem
  • como também
  • bem como
  • tanto... como
  • assim como

⇒ Aprenda mais sobre as Orações Coordenadas Aditivas nos estudos sobre a sintaxe dos Períodos Compostos por Coordenação.

Quando estudamos sobre a sintaxe dos Períodos Compostos por Coordenação aprendemos sobre a estrutura e as relações que as orações estabelecem entre si, contribuindo mutuamente para a complementação de seus sentidos.

As Orações Coordenadas são aquelas que participam de um mesmo período, sendo independentes sintaticamente umas das outras, pois possuem os termos essenciais das orações, que são sujeito e predicado ou apenas predicado. Se analisadas separadamente, é possível compreendermos seu sentido.

Embora sejam orações sintaticamente independentes, elas são semanticamente harmônicas e complementam os sentidos umas das outras mantendo uma relação de coordenação, a qual pode ser mediada por Conjunção Coordenativa ou por Vírgula.

Classificação das Orações Coordenadas

As Orações Coordenadas são classificadas em: Sindéticas e Assindéticas. Estes termos derivam do grego súndetos, que significa “ligado, unido a”.

As Orações Coordenadas Assindéticas são aquelas que NÃO são articuladas a outras orações por meio de conectivos, mas sim, por Vírgulas. Veja os exemplos:

  • Saímos do shopping, fomos ao supermercado, chegamos super tarde.
  • Choveu à noite, resolvemos ler um livro.
  • Fazenda é lugar de descanso, clube é lugar de diversão, escola é lugar de estudar.

As Orações Coordenadas Sindéticas são as orações coordenadas articuladas a outras através de Conjunções Coordenativas.

Classificação das Orações Coordenadas Sindéticas

As Orações Coordenadas Sindéticas podem ser: Aditivas, Adversativas, Alternativas, Explicativas e Conclusivas.

Exemplo de Oração Coordenada Sindética Adversativa:

Fui andar a cavalo, mas choveu e voltei.

Algumas Conjunções Adversativas:

  • Mas
  • Contudo
  • Todavia
  • Não obstante
  • Antes que
  • Porém
  • Entretanto
  • No entanto
  • Conquanto
  • Ainda assim

Exemplo de Oração Coordenada Sindética Alternativa:

 Vamos à praia amanhã, quer você queira ou não.

Algumas Conjunções Alternativas:

  • ou
  • ora
  • já... já
  • nem... nem
  • Não... nem
  • ou... ou
  • quer... quer
  • seja... seja
  • Talvez...talvez
  • Ora... ora

Exemplo de Oração Coordenada Sindética Explicativa:

Vamos sair bem cedinho porque o trânsito é melhor.

Algumas Conjunções Explicativas:

  • pois
  • que
  • na verdade
  • ou seja
  • porque
  • porquanto
  • isto é
  • a saber

Exemplo de Oração Coordenada Sindética Conclusiva:

Está chovendo demais, por isso, vamos ficar aqui.

Algumas Conjunções Conclusivas:

  • Então
  • Portanto
  • Assim
  • Por conseguinte
  • De modo que
  • Por isso
  • Logo
  • Por consequência
  • Consequentemente
  • Desse modo

Referências:

ABURRE, Maria Luiza M. Gramática: texto: análise e construção de sentido. Volume único. 2. ed. São Paulo: Moderna, 2010. p. 422 a 428.

Arquivado em: Português