Semântica

Mestra em Letras e Linguística (UFG, 2016)
Licenciada em Letras-Português (UFG, 2009)

Sempre abrir.

Semântica é uma das divisões da Gramática voltada para o estudo dos significados de uma palavra, de um signo, de uma frase ou de uma expressão em um determinado contexto discursivo. Nesse sentido, preocupa-se também com a análise das mudanças de sentido ocorridas nas composições linguísticas em função de fatores como o tempo e o espaço geográfico. Observe o exemplo a seguir:

Nossa, que manga extraordinária!

Nesta frase, o núcleo do sintagma nominal, o substantivo “manga', pode assumir sentidos bem diferentes, a depender de seu contexto. Isso porque o substantivo “manga” pode ter tanto o sentido de um tipo de fruta, quanto o sentido de ser uma parte de uma peça de roupa. É o que se chama de Polissemia.

O valor semântico deste substantivo, portanto, será interpretado pelo usuário da língua no momento da enunciação e o espaço geográfico onde este é produzido contribui para a interpretação dos sentidos do enunciado como um todo pelos interlocutores. Caso o espaço de enunciação seja próximo a uma mangueira, uma banca com várias frutas em um supermercado ou feira, o sentido do substantivo “manga” será acessado pelo interlocutor, eliminando quaisquer outros sentidos possíveis.

Propriedades semânticas das palavras em Língua Portuguesa

Algumas palavras na nossa língua podem apresentar propriedades em seu aspecto semântico, são elas: Homonímia, Sinonímia, Antonímia. Vejamos cada uma delas:

Homonímia

A Homonímia ocorre quando uma palavra é grafada e/ou pronunciada da mesma forma mas possui diferentes significados. Existem três tipos de homonímia: homônimos perfeitos, homófonas e homógrafas.

Homônimos Perfeitos

Os Homônimos perfeitos ocorrem quando as palavras ou expressões possuem a mesma grafia e o mesmo som, porém, apresentam significados diferentes.

Exemplo:

  • O caminho para o sucesso é o trabalho. (substantivo)
  • Eu caminho três vezes por semana. (verbo)

Homofonia

A Homofonia ocorre quando as palavras ou expressões são pronunciadas da mesma forma, porém são grafadas de maneiras parecidas e possuem significados diferentes.

Exemplo:

  • Existem dois tipos de acentos na língua portuguesa, o acento agudo e o acento circunflexo.
  • Reservei dois assentos na primeira fileira da aeronave.
  • A próxima sessão do cinema será às 20h.
  • A seção de ovos de páscoa já estava vazia.
  • A editora optou pela cessão dos direitos autorais.

Homografia

A Homografia ocorre quando as palavras ou expressões possuem a mesma grafia (escrita) mas são pronunciadas de maneira distinta e possuem significados diferentes.

Exemplo:

  • Vamos colher as frutas mais maduras.
  • A colher ainda está suja.

Sinonímia

Sinonímia é relação entre palavras ou expressões diferentes mas que possuem sentidos idênticos ou semelhantes. Isso significa que quando um enunciado, verbal ou não, assume o lugar de outro sem que haja alteração de sentido, há uma relação sinonímica.

Exemplos:

  • menino – garoto
  • curto – reduzido
  • lindo – belo
  • alegre – contente
  • pouco inteligente – burro
  • loucura – disparate
  • Fiquei ocioso. - Fiquei sem fazer nada.

Antonímia

Antonímia é relação de oposição entre os sentidos de palavras ou expressões.

Exemplos:

  • claro – escuro
  • perto – longe
  • fora – dentro
  • aqui – lá
  • feio – bonito
  • vencer – perder
  • Quero ir. - Não quero ir.
Arquivado em: Linguística, Português