Voz passiva

Graduação em Letras Português e Inglês (Universidade Presbiteriana Mackenzie, 2010)

A categoria de voz é dividida em Voz Passiva, Voz Ativa e Voz Reflexiva. Elas estão diretamente ligadas na forma como o verbo se apresenta na oração em relação ao sujeito; se é ele quem pratica ou recebe a ação.

Voz passiva é uma construção sintática em que um objeto direto passa a ocupar a posição de sujeito, ou seja, é a maneira de como o verbo se expressa em relação ao sujeito, que no caso da passiva, ele sofre a ação.

Abaixo, alguns exemplos:

Os filhotes foram descobertos pelo jardineiro.

  • Os filhotes: sujeito que recebe a ação verbal
  • foram descobertos: verbo na voz passiva

O bolo foi comprado pelos funcionários.

  • O bolo: sujeito que recebe a ação verbal
  • foi comprado: verbo na voz passiva

A casa da mãe foi reformada pelo filho.

  • A casa da mãe: sujeito que recebe a ação verbal
  • foi reformada: verbo na voz passiva

A voz passiva, também, pode expressar a mudança de perspectiva de uma cena, ocultando os responsáveis por uma determinada ação. Esse tipo de construção faz com que os culpados não sejam comprometidos. Exemplo:

O banco foi roubado.

Os remédios foram manipulados.

A criança foi arranhada.

A bicicleta de João foi encontrada.

Existem dois tipos de estruturas da voz passiva:

Voz passiva analítica

Quando é formada por verbos compostos ou locação verbal. Ela segue a seguinte estrutura – verbo auxiliar SER + particípio do verbo principal. Por exemplo:

Os treinos serão executados (Verbo SER + PARTICÍPIO) pelos veteranos.

A professora será homenageada (Verbo SER + PARTICÍPIO) pelos alunos.

Além do verbo SER, existem outros verbos auxiliares que podem aparecer na voz passiva analítica. Por exemplo:

O museu ficou deteriorado (Verbo AUXILIAR + PARTICÍPIO) com o tempo.

Fernando estava protegido (Verbo AUXILIAR + PARTICÍPIO) pela máscara de rosto.

A cantora foi premiada (Verbo AUXILIAR + PARTICÍPIO) no evento de abertura.

A mãe tinha pensado (Verbo AUXILIAR + PARTICÍPIO) muito sobre a decisão.

A casa foi decorada (Verbo AUXILIAR + PARTICÍPIO) pela arquiteta.

Voz passiva sintética

Quando é formada com o verbo na 3ª pessoa + o pronome apassivador SE. Neste caso, o sujeito se transforma no pronome apassivador. Por exemplo:

Alugam-se (VERBO NA 3ª PESSOA + PRONOME APASSIVADOR) casas.

Consertou-se (VERBO NA 3ª PESSOA + PRONOME APASSIVADOR) o celular.

Nesta cidade, não se vê (PRONOME APASSIVADOR + VERBO NA 3ª PESSOA) ninguém depois das 21hs da noite.

Comeu-se (VERBO NA 3ª PESSOA + PRONOME APASSIVADOR) a bolacha na madrugada.

Clarice maquiou-se (VERBO NA 3ª PESSOA + PRONOME APASSIVADOR) para a festinha.

Leia também:

Bibliografia:

PASCHOALIN, Maria Aparecida. Gramática: teoria e atividades. 1. Ed. São Paulo: FTD, 2014. 512p.

ABREU, Antônio Suárez. Gramática Mínima: Para o domínio da língua padrão. Cotia, SP: Ateliê Editorial, 2003. 356p.

Arquivado em: Português