Vozes do verbo

Verbo é a classe gramatical com maior necessidade de flexões. Elas acontecem de acordo com pessoa, número, tempo, modo e voz. Define-se a voz levando-se em consideração a situação do sujeito da frase, verificando-se se este é agente ou paciente da ação. Existem três vozes verbais: ativa, passiva e reflexiva.

Voz ativa

A voz ativa ocorre quando o sujeito pratica a ação expressa pelo verbo.

Confira exemplos:

a) Eu escrevi este poema.

b) Nós visitamos o museu.

c) Nós plantaremos gerânios.

d) Eles farão um mutirão para limpar a praça amanhã.

e) Nadir terminará os preparativos para o casamento ainda hoje.

f) Vasconcelos enviou o memorando e saiu para o almoço.

Voz passiva

A voz passiva ocorre quando o sujeito recebe a ação expressa pelo verbo.

Exemplos:

a) O poema foi escrito por mim.

b) O museu foi visitado por nós.

c) Os gerânios serão plantados por nós.

d) A festa será encerrada porque a vizinhança está reclamando do barulho.

e) O dente precisou ser extraído, pois já apresentava um quadro de infecção.

f) Ela foi impedida de participar do concurso, pois chegou muito atrasada.

A formação da voz passiva pode dar-se através de dois processos: analítico e sintético.

Voz passiva analítica

É formada pelo verbo auxiliar (ser) + particípio do verbo principal.

a) A igreja será reformada.

b) O hambúrguer é feito por mim.

É possível também que o agente da passiva não esteja explícito, tal como exemplificado na seguinte oração:

A estrada será interditada amanhã.

Como o particípio é invariável, a variação temporal se expressa através do verbo auxiliar:

Exemplos:

a) Rosa fez a lasanha. (pretérito perfeito do indicativo)

b) A lasanha foi feita por Rosa. (pretérito perfeito do indicativo)

c) Rosa faz a lasanha. (presente do indicativo)

d) A lasanha é feita por Rosa. (presente do indicativo)

e) Rosa fará a lasanha. (futuro do presente)

f) A lasanha será feita por Rosa. (futuro do presente)

O verbo auxiliar assume o mesmo tempo e modo do verbo principal da voz ativa quando presentes em orações que possuam locuções verbais. Confira:

a) A moça ia levando as compras. (gerúndio)

b) As compras iam sendo levadas pela moça. (gerúndio)

Voz passiva sintética

Também conhecida como pronominal, a voz passiva sintética nasce a partir do uso do verbo na 3ª pessoa + pronome apassivador (SE). Veja o exemplo para compreender melhor:

a) Concluiu-se, através de pesquisa, que a taxa de natalidade vem diminuindo no Brasil.

b) Abandonou-se aquele antigo conceito por não ser justo.

Voz reflexiva

A voz reflexiva ocorre quando o sujeito recebe e pratica a ação expressa pelo verbo.

Exemplos:

a) Bruno machucou-se ao cair do balanço.

b) Maria arrumou-se para a festa

c) Helena penteou-se para tirar a foto.

d) Roberto mudou-se para uma casa mais ampla.

e) Cristina cortou-se com a faca.

f) Suzana molhou-se inteira tentando dar banho no cachorro.

 

Referências Bibliográficas:

BECHARA, Evanildo. Moderna Gramática Portuguesa. 37ª ed. Rio de Janeiro: Editoras Nova Fronteira e Lucerna, 2009. 574 p.

CEGALLA, Domingos Paschoal. Novíssima Gramática da Língua Portuguesa. Companhia Editora Nacional. 695 p.

Arquivado em: Português