Abstracionismo

Por Fernando Rebouças
Sem depender dos sentidos ou de uma percepção sólida e estática das coisas, a arte abstrata procura expressar, transmitir e mostrar a qualidade e conteúdo de algo, sem forma definida. Não há na arte abstrata o objetivo de representar figuras concretas ou inerentes à realidade.

O abstracionismo nasceu através de experiências de artistas vanguardistas europeus que fugiam das normas acadêmicas, no início do século 20. O russo Wassili Kandinsky, falecido em 1944, é considerado pioneiro das obras não-figurativas.

A arte abstrata divide-se em fases:

  • Sensível ou informal : Cores e formas são de forte expressão nesta fase. Além de Kandinsky, Franz Marc é o artista mais citdo nesta fase.;
  • Tachismo : Manchas e borros expressados dentro de um espaço determinado na obra;
  • Grafismo : Linhas, curvas, traços, pinceladas e todo signo gráfico no contexto abstrato;
  • Orfismo : Expressão ligada à música;
  • Raionismo : Riscos e raios com luminosidade;
  • Abstracionismo geométrico ou formal : Formas e cores dadas a expressão geométrica.
  • Pintura gestual : Pintura que expressa emoções, e execução espontânea diretamente na parede, locais e telas gigantes.

Manabu Mabe e Tomie Ohtake são representantes do abstracionismo sensível em nosso país. Na abstração geométrica temos movimentos ligados ao concretismo paulista e carioca.