Metano

Por Mayara Lopes Cardoso
Também conhecido como gás natural ou gás dos pântanos, o metano é um gás representado pela fórmula química CH4, incolor, de odor fraco a levemente adocicado, altamente inflamável, estável, praticamente insolúvel em água e solúvel em solventes orgânicos (álcoois, benzenos, ésteres e gasolina). Trata-se do composto mais simples e abundante do grupo dos hidrocarbonetos.

Hidrocarboneto - Metano

O metano se forma a partir da fermentação de resíduos orgânicos pela ação de bactérias, como a decomposição do lixo orgânico nos aterros sanitários, emissão de vulcões de lama, digestão de herbívoros, extração de combustível mineral, metabolismo de certas espécies bacterianas, o apodrecimento de vegetais nos pântanos (sendo por isso chamado de gás dos pântanos), entre outros processos. Por esse motivo, nos aterros sanitários são colocadas muitas “chaminés”, que atravessam as várias camadas de material, pelos quais escoam os gases formados pela fermentação do lixo. A combustão incompleta do metano dá origem à água e ao carbono finamente dividido, chamado negro-de-fumo, que é muito usado na fabricação de graxa para sapatos.

A mistura do metano com o ar provoca explosão violenta, quando em contato com chama ou faísca. Essa inflamabilidade já causou inúmeras explosões em minas de carvão, no interior das quais ocorre a emanação do metano (a mistura do metano com o ar é chamada, no ramo da mineração, de grisu). Por esse motivo, os antigos mineiros usavam um tipo de lampião cuja chama era protegida por uma tela metálica (lâmpada de Davy) e, atualmente, todos os dispositivos elétricos (lâmpadas, motores, etc.) usados em minas de carvão são blindados, para evitar perigo das faíscas elétricas.

Embora o gás metano não seja tóxico, sua combustão parcial produz substâncias tóxicas, como o monóxido de carbono, por exemplo, e por isso é considerado como um asfixiante simples. O gás metano também forma misturas explosivas quando em contato com oxidantes, halogênios e interalogênios . A inalação do metano pode levar à inconsciência e lesar o sistema nervoso central. O contato desse composto no estado líquido com pele e olhos causa queimadura por congelamento.

Juntamente com o dióxido de enxofre, o metano é um dos principais gases do efeito estufa, contribuindo assim para o aquecimento global. As emissões desse gás para a atmosfera são feitas principalmente por atividades atrópicas, em especial, pela criação de gado bovino. Estima-se que a quantidade de metano na atmosfera seja de 1,7 ppm (partículas por milhão).

Através dos chamados biodigestores, o lixo é aproveitado para produção de gás natural. Nesses aparelhos, são colocados resíduos agrícolas, madeira, bagaço de cana-de-açúcar, dejetos animais, elementos que formam a chamada biomassa e cuja fermentação produz o biogás, uma mistura gasosa formada principalmente por metano. O biogás é usado como combustível em caldeiras, veículos e outros, e o resíduo formado no biodigestor é utilizado com fertilizante agrícola. Esse é um bom exemplo de aproveitamento racional da biomassa, uma vez que, além de produzir energia, reduz os prejuízos que o lixo oferece ao meio ambiente.

Referências:
http://www.biotecnologia.com.br/revista/bio07/metano.pdf
http://pt.wikipedia.org/wiki/Metano
http://www.alunosonline.com.br/quimica/gas-metano.html