Fatores Abióticos

Por Marina Martinez
abiotico

Os fatores abióticos são componentes não vivos que influenciam a vida dos seres vivos presentes no ecossistema. Através dos fatores abióticos os seres vivos fazem adaptações para seu desenvolvimento. Esses fatores variam de valor de local para local, o que determina uma grande variedade de ambientes.

Exemplos de fatores abióticos:

Temperatura

É um fator abiótico de grande importância para os seres vivos e influencia seus períodos de atividade, suas características morfológicas e seus comportamentos.

Divide os seres vivos em alguns grupos como:

  • Estenotérmicos: São organismos que não toleram grandes variações térmicas. Exemplo: lagartixa;
  • Euritérmicos: São organismos capazes de tolerar grandes variações térmicas. Exemplo: lobo;
  • Homeotérmicos: Seres que possuem temperatura corporal constante. Exemplo: aves e mamíferos;
  • Poiquilotérmicos: Seres que possuem temperatura corporal variável. Exemplo: répteis, anfíbios e peixes;

Alguns fenômenos ocorrem devido às adaptações ás temperaturas desfavoráveis como:

  • Migração: Os animais percorrem distâncias variadas a procura de ambientes propícios para a reprodução, com melhores condições climáticas e presença de alimentos. Exemplo: flamingos, cegonha negra.
  • Hibernação: Os animais diminuem suas atividades vitais, devido ao frio. Exemplo: morcego, urso.
  • Estivação: Neste fenômeno, algumas espécies diminuem suas atividades vitais, devido ao calor. Exemplo: quelônios.

Quanto às adaptações das plantas ás baixas temperaturas, elas podem ser:

  • Anuais: As plantas anuais não suportam o intenso frio do inverno e deixam suas sementes para germinar no ano seguinte. Exemplo: Feijoeiro;
  • Bienais: As plantas bienais em baixas temperaturas perdem sua parte aérea, porém mantém sua parte subterrânea. Exemplo: Lírio;
  • Perenes ou Vivazes: Estas plantas conseguem manter suas estruturas o ano todo. Exemplo: Papoula;

Água

A água é de fundamental importância a todos os seres vivos e essencial a vida.

Os seres são classificados, em função da água, em:

  • Hidrófilos: Seres que vivem permanentemente na água como os peixes
  • Higrófitos: Seres que só vivem em ambientes úmidos. Exemplo: Anfíbios.
  • Mesófilos: Seres que vivem em áreas mais ou menos úmidas.
  • Xerófilos: Seres que vivem em ambientes secos. Exemplo: Mamíferos de deserto, liquens, cactáceos.
  • Tropófitas: seres que suportam grande variação de umidade.

Luz

Fundamental no processo fotossintético, responsável pela produtividade nos ecossistemas, a luz, é um importante fator abiótico e atua sob diversas formas (intensidade, radiação, direção e duração).

Divide os seres vivos em alguns grupos como:

  • Eurifóticos: São seres que suportam grandes variações de luz.
  • Estenofóticos: São seres que não suportam grandes variações de luz.
  • Plantas umbrófitas: São vegetais adaptados à sombra.

Pressão

Os seres vivos são divididos, quanto a pressão, em:

  • Euribáricos: São seres capazes de suportar grande variações de pressão.
  • Estenobáricos: São seres incapazes de suportar grandes variações de pressão.

Salinidade

Fator abiótico primordial na distribuição dos seres vivos aquáticos. Dividem os seres vivos em:

  • Eurialinos: Seres que suportam grandes variações de salinidade.
  • Estenoalinos: Seres que não suportam grandes variações de salinidade.
  • Halófitas: São vegetais que vivem em áreas contendo muito sal.

Leia Também:

Referências Bibliográficas:
http://www.puc-campinas.edu.br/centros/ccv/Graduacao/Biologia/aulas/Aula 03.pdf
http://www.slideshare.net/teresacondeixa/factores-abiticos-temperatura-355512
http://www.db-piracicaba.com.br/download/Fatores ecologicos.pdf
http://pt.wikipedia.org/wiki/Factores_abióticos
http://pt.wikipedia.org/wiki/Fator_biótico
http://pt.wikipedia.org/wiki/Cadeia_alimentar