Maçã

A maçã é uma fruta que pode ser surpreendentemente benéfica para o organismo humano. Nascida da árvore conhecida como macieira, ela é típica dos ambientes de clima temperado. De um paladar extremamente saboroso, ela é também detentora de um alto poder de nutrição.

Maçãs. Foto: Africa Studio / Shutterstock.com

Maçãs. Foto: Africa Studio / Shutterstock.com

Na sua casca está armazenada uma substância chamada pectina, a qual contribui para diminuir o nível do colesterol sanguíneo. Ela é uma fibra passível de ser dissolvida, mas não é assimilada pelo intestino; assim, a pectina acumula água e outros materiais residuais, tornando mais fácil a subtração de elementos venenosos, estabilizando, portanto, o colesterol.

Neste fruto encontram-se igualmente as vitaminas B1 e B2, ideais para reajustar o complexo nervoso, auxiliar o desenvolvimento físico, prevenir enfermidades dermatológicas, estomacais, e problemas capilares.

Além disso, a maçã é rica em niacina, fósforo, que evita o cansaço mental e ajuda a constituir ossos e dentes, e ferro, fundamental para a boa circulação sanguínea. A quercetina, presente nesta fruta, é muito importante para que não se formem coágulos no sangue, responsáveis pela eclosão de derrames.

Com poderes adstringentes, atuando assim no fortalecimento dos tecidos, é indicada para o bom funcionamento da garganta e das cordas vocais. Ademais, esta fruta é prescrita para todos que possuem doenças intestinais, reumáticas, excesso de gordura, gota, diabetes, entre outras enfermidades.

Da sua casca também é possível elaborar um chá muito indicado para a purificação sanguínea e que tem efeitos diuréticos. Afirma-se que quem consome uma média de cinco maçãs semanais adquire a capacidade de respirar melhor. Estudos demonstram que seus poderes antioxidantes adiam o envelhecimento e impedem o aparecimento de tumores malignos, graças à atuação dos fitonutrientes deste fruto, os quais mantêm a vitalidade celular.

Macieira. Foto: MilousSK / Shutterstock.com

Macieira. Foto: MilousSK / Shutterstock.com

As maçãs mais conhecidas e digeridas no Brasil são a Fuji, a gala, a red, a verde, a melrose e a variedade denominada Brasil. O ideal é selecionar as que possuem a casca de maior brilho e de coloração mais destacada, as polpas mais sólidas, densas, desprovidas de frações moles, buracos ou qualquer outra fratura. Desta forma elas podem permanecer na geladeira por pelo menos um mês.

Gastronomicamente ela é ingrediente essencial na produção de sucos, doces e da sidra, bebida de teor alcoólico. É importante consumi-la com a casca, para assim assimilar uma maior parte de seu conteúdo vitamínico e dos sais minerais. Cada 100 gramas da maçã contém aproximadamente 55 calorias e 1,5 gramas de fibras.

Sua polpa é esbranquiçada, contendo em seu interior várias sementes. O peso oscila entre 100 e 200 gramas. O melhor período de produção no Brasil é de janeiro a abril. Daí até o final do ano só as importadas são encontradas.

Arquivado em: Frutas