Jurássico

Mestrado em História (UFJF, 2013)
Graduação em História (UFJF, 2010)

O Jurássico foi o segundo período da era Mesozóica, compreendido entre 199 e 155 milhões de anos atrás.

Os dinossauros viveram no período Jurássico. Ilustração: Computer Earth / Shutterstock.com

Os dinossauros viveram no período Jurássico. Ilustração: Computer Earth / Shutterstock.com

A era Mesozóica sucedeu a era Paleozóica e apresentou significativas mudanças para a fase anterior. Enquanto na era Paleozóica existia uma única superfície terrestre chamada de Pangéia, logo no início da era Mesozóica ocorreu a fissura deste imenso território em duas novas formações, a Laurásia e Gondwana. A fragmentação da Pangéia é a raiz dos continentes que conhecemos hoje.

Pelo fato da constituição das duas eram ter passado por alterações, como a fragmentação da Pangéia, o clima também sofreu suas alterações. Na era Paleozóica, a região litorânea da imensa porção territorial possuía clima mais ameno. Enquanto o interior do território era mais seco e quente, ocorrendo nas regiões mais internas a formação de desertos. Já a era Mesozóica possuiu uma constituição climática bem mais diversa, sendo que a temperatura era mais amena e a ocorrência de florestas era bem maior.

A era Mesozóica marcou-se pela ampla ocorrência de florestas temperadas e úmidas. O novo clima permitiu que os répteis dominassem o mundo em todos os seus territórios: terra, mar e ar. Nesse contexto, que surgiram os primeiros dinossauros.

O período Jurássico sucedeu o período Triássico, também da era Mesozóica e fase inicial das transformações ocorridas na nova era. O período Jurássico se divide ainda em três épocas: Inferior, Média e Superior. Sendo a época Jurássica Inferior a mais antiga e a época Jurássica Superior a mais recente. O nome Jurássico refere-se às montanhas Jura, localizadas nos Alpes franceses, e que comportam muitas rochas do período em questão.

Variações foram sentidas ainda na transição do período Triássico para o período Jurássico. As florestas se proliferaram e intensificaram pela ocorrência de um clima quente e úmido, aumentando a diversidade da flora. Cicadáceas, ginkgos e coníferas foram as plantas dominantes. A novidade esteve por conta do aparecimento de plantas com flores.

A fauna deu continuidade à supremacia na Terra dos répteis. Dinossauros ocuparam a terra, pterossauros dominaram o ar e plesiossauros espalharam-se pelos mares. Os dinossauros passaram por modificações que os tornaram diversos daqueles primitivos surgidos no período Triássico, eram mais inteligentes, evoluídos e maiores. Nos mares, crocodilos dividiam espaço com os plesiossauros. Houve ainda o surgimento de aves, dividindo os ares com os pterossauros, e dos mamíferos verdadeiros.

O período Jurássico antecedeu o período Cretáceo, que foi o último da era Mesozóica. Muitas das características dessa era ainda são encontradas hoje.

Arquivado em: Biologia, Geografia, Geologia