Bloco Ocidental e Bloco Socialista

No período da Guerra Fria, o bloco ocidental, ou capitalista, foi o nome dado ao conjunto de nações adeptas à ideologia liberal-capitalista. Sua formação contava com países da Oceania, América do Sul, América Central, com exceção de Cuba, algumas nações da Ásia e da Europa Ocidental. O país líder deste bloco era os Estados Unidos.

No caso do Bloco do Leste, ou soviético, também formado na época da Guerra Fria, a formação contava com a URSS (União das Repúblicas Socialistas Soviéticas) e aliados da parte leste e central europeia como Albânia, Romênia, Polônia, Hungria e Alemanha Oriental.

A designação Bloco do Leste era comumente utilizada para se referir ao Pacto de Varsóvia, aliança de cunho militar formada em 55 pelas nações socialistas do Leste da Europa e pela União Soviética. A alcunha também se referia ao Comecon (Conselho para Assistência Econômica Mútua), que tinha o objetivo de integrar economicamente os países do Leste Europeu. Mesmo estando geograficamente fora do grupo, nações como Coreia do Norte, Vietnã, Cuba e Mongólia eram consideradas como parte do Bloco devido à ideologia.

A formação do Bloco ocidental e do Bloco Socialista remete ao fim da Segunda Guerra Mundial, quando a URSS e os EUA tornaram-se a duas superpotências mundiais. Assim, viu-se uma mudança no contexto político internacional e nas futuras coalizões que se formariam depois que os aliados, que tinham como forças principais a União Soviética, os EUA e o Império Britânico, saíram como vencedores do conflito mundial.

Nos anos em que a Segunda Guerra Mundial ocorreu, grande área do continente europeu foi ocupada pelo exército da Alemanha Nazista. Após o final da guerra, EUA e URSS foram os responsáveis por organizar os governos dentro destes territórios. No acordo realizado, ficou estabelecido que a soberania deste países voltaria, assim como a restauração de suas democracias.

Porém, havia um conflito de ideologias entre a URSS (comunismo) e os EUA (capitalismo). Com isso, o poder foi dividido em dois gigantescos blocos globais. O relacionamento entre as duas potências mundiais ficava cada vez mais complicado e gerou conflitos como a Crise dos Mísseis de Cuba, a Guerra da Coreia, os Conflitos entre árabes e israelenses e a Guerra do Vietnam.

Os soviéticos, por sua vez, expandiam-se territorialmente na parte oriental da Europa. Isso fez com que os EUA e as nações europeias do ocidente formassem a OTAN (Organização do Tratado do Atlântico Norte), que tinha por objetivo a coordenação das defesas militares contra possíveis agressões da URSS. A resposta à formação deste grupo foi o Pacto de Varsóvia, incluindo URSS e seus aliados. Assim, surgiram o Bloco ocidental e o Bloco Socialista.

Fontes:
http://pt.wikipedia.org/wiki/Bloco_capitalista
http://www.gazetadopovo.com.br/vida-universidade/vestibular/cainaprova/conteudo.phtml?id=934637&tit=20-anos-da-queda-do-Muro-de-Berlim
http://pt.shvoong.com/social-sciences/political-science/1866282-guerra-fria-_-paz-armada/
http://www.geografiaparatodos.com.br/index.php?pag=terrsoc_cap6

Arquivado em: Idade Contemporânea