Função Álcool

Por Lucas Martins
São denominados álcoois todo composto orgânico que apresenta em sua estrutura a hidroxila ( -OH ), que deve estar ligada a um átomo de carbono saturado.

- Monoálcoois
São os compostos que apresentam apenas uma hidroxila. Exemplo:
CH3-CH2-OH (etanol)
CH3-CH2-CH2-OH (propanol-1)

A hidroxila em monoálcoois pode estar ligada à carbono primário, secundário ou terciário, formando assim, álcool primário, secundário e terciário, respectivamente.

- Diálcoois
Possuem duas hidroxilas. Exemplo:
HO-CH2-CH2-OH

Obs: não existem álcoois com duas hidroxilas no mesmo carbono. Quando isso acontece, o composto fica instável, e transforma-se em aldeídos.

- Poliálcoois
Possuem três ou mais hidroxilas:


Glicerina

Nomenclatura (I.U.P.A.C.)
A nomenclatura dos álcoois é bastante semelhante à dos hidrocarbonetos:

- Prefixo do número de carbonos (met, et, prop, but, ...) + tipo de ligações (an, en, in, dien, ...) + OL
- A numeração da cadeia principal começa da ponta mais próxima à hidroxila. Se a hidroxila estiver exatamente no meio da cadeia, a numeração deverá ser feita de acordo com a insaturação, e por último, pela ramificação.

Exemplos:

met + an + ol = metanol (um carbono, ligação simples (na verdade, não há ligação entre carbonos pois só existe um carbono no composto), OL pois é um álcool)


et + an + ol = etanol (dois carbonos, ligação simples, e OL porque é um álcool)


prop + an + ol = propanol-1 (três carbonos, ligação simples, e OL porque é um álcool, o 1 indica a posição da hidroxila)


prop + an + ol = propanol-2 (três carbonos, ligação simples, e OL porque é um álcool, o 2 indica a posição da hidroxila)


2,4-dimetil-3-pentanol

2,4 = posições dos radicais metil
3 = posição da hidroxila
pent + an + ol = quantidade de carbonos da cadeia principal + tipo das ligações + OL

Nomenclatura usual
A nomenclatura usual é bastante limitada, somente usada nos compostos que são comumente usados em laboratórios:

Álcool radical+ico

Exemplos:

Propriedades físicas
Os álcoois geralmente são líquidos (no máximo 10 carbonos no composto) ou sólidos (mais de 10 carbonos).

Solubilidade em água
A única parte polar dos álcoois é o grupo OH (hidroxila), por isso, quanto mais carbonos o álcool tiver, menor será a solubilidade, pois "semelhante dissolve semelhante" (a água é polar).

Pontos de fusão e ebulição
Quanto maior for a cadeia do composto, maior será seu ponto de fusão e de ebulição.

O Etanol
O etanol é o mais importante dos álcoois, pois ele é um dos combustíveis que tem maior propabilidade de substituir o petróleo nas próximas décadas. É obtido através da fermentação de açúcares, como os presentes na cana-de-açúcar, milho, cevada, malte, etc, ou pela hidratação do etileno.

Além de ser misturado à gasolina (geralmente para baratear o preço), ele também é o álcool que está presente nas bebídas alcoólicas (daí o nome), como cerveja, vodka, cachaça e o absinto (bebida com o maior teor alcoólico, entre 45 e 85% de álcool, porém é feita uma destilação para que chegue à essa porcentagem). O que diferencia uma bebida da outra são as impurezas.

Seu ponto de fusão é de -114ºC, o que faz com que seja utilizado também como fluido para termômetros de temperaturas muito baixas (o mercúrio não serviria já que seu PF é de -40ºC).

Para se obter um etanol 100% puro, é preciso desidratar o acetaldeído, feito sintéticamente.

Leia também: