Substância Química

Por Lilian Souza Pereira
 

Molécula de água

Substâncias químicas são moléculas, que podem ser representadas por fórmulas, como a água, H2O. As substâncias químicas são formadas por elementos químicos, ou seja, aqueles que integram a tabela periódica. Analisando-se o exemplo da própria água, tem-se que, tanto o Hidrogênio como o Oxigênio, estão na tabela periódica, nas famílias 1 e 8, respectivamente.

A substância química pode ser formada por átomos do mesmo elemento químico, como o O2, ou oxigênio, que é chamada substância simples, ou por elementos químicos diversos, como o ácido sulfúrico, H2SO4, chamada substância composta.

Características das Substâncias Químicas

Todas possuem a unidade de sua estrutura (moléculas) iguais entre si; possuem composição e características fixas, não há alteração da temperatura durante os processos de mudança de estado físico (como fusão e ebulição); sua composição fixa garante que podem ser representados com fórmulas.

Chama-se alotropia quando o mesmo elemento químico pode originar substâncias diferentes. Isso é muito comum com o Carbono, mas também pode ocorrer com outros elementos, como o Oxigênio, nas formas de O2, parte do ar disponível na atmosfera e O3 (ozônio).

A diversidade de elementos químicos pode ser arranjar de formas complexas ou simples, criando milhares de substâncias químicas com propriedades completamente diferentes.

São chamadas substâncias puras aquelas que possuem as mesmas moléculas em toda a sua composição, ainda que estas moléculas sejam formadas por átomos diferentes. As substâncias com moléculas diferentes são chamadas compostas ou misturas.

Muitas vezes, a mistura de substâncias gera outra substância se existir reação química, mas pode não haver formação de substância química diversa da original, caracterizando apenas uma substância composta. Um exemplo é a mistura de água (H2O) e Cloreto de Sódio (NaCl), que gera apenas a água salgada.

Além disso, há também o conceito de homogeneidade e heterogeneidade. A mistura de substâncias químicas será homogênea quando sua aparência demonstrar a mesma característica, como, por exemplo, a mistura de água e álcool. O mesmo não se pode dizer de uma mistura com água e areia.

Algumas misturas, durante a fusão, mantém um comportamento de substâncias simples, uma vez que sua temperatura não se altera durante o processo. Essas são chamadas misturas eutéticas.

Separação de Misturas

A separação de misturas em substâncias simples pode ser realizada através dos seguintes procedimentos:

  • Peneiração: usada entre dois sólidos de tamanhos diferentes. Exemplo: Pedra e areia.
  • Levigação: usada entre sólidos heterogêneos através da mistura de um deles à água.
  • Centrifugação: através da utilização de uma centrifuga, que agiliza a decantação.
  • Decantação: quando houver substâncias com diferentes densidades. Uma delas se deposita no fundo do recipiente e pode ser retirada.
  • Dissolução fracionada: pode ser utilizada quando um dos componentes da misture é solúvel em líquido. Depois de dissolvida uma das partes, a outra é filtrada e o restante evaporado.
  • Destilação simples: quando há temperaturas de ebulição distintas.
  • Destilação fracionada: semelhante à destilação simples, mas no vidro há diversos obstáculos que retém as partes da mistura aos poucos.
  • Catação: separação manual de sólidos diferentes.
  • Flotação: usada para separar sólidos de densidade diferentes. Enquanto um deles afunda, o outro permanece na superfície.
  • Fusão fracionada: quando as substâncias químicas possuem pontos de fusão diferenciados, uma delas é aquecida e separada.
  • Sublimação: é a passagem de solido para gás que algumas substâncias químicas podem sofrer, com o aquecimento adequado.

Além disso, ainda é possível fazer a separação magnética ou a separação por filtragem.

Fontes:
CPV EDITORA. Ensino Médio - 1a série Fascículo 1. CPV: São Paulo. 2003.